Como fazer a instalação do conversor e da antena digital?

O sinal analógico de TV será desligado em 27 cidades da região de Curitiba em 31 de janeiro de 2018. Veja o que precisa ser feito para ter acesso ao sinal digital.

O sinal analógico de TV será desligado em Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Carambeí, Colombo, Contenda, Curitiba, Fazenda Rio Grande, Guaratuba, Imbituva, Itaperuçu, Lapa, Mandirituba, Palmeira, Pinhais, Piraquara, Ponta Grossa, Quatro Barras, Rio Branco do Sul, São José dos Pinhais, Teixeira Soares, Tijucas do Sul e Tunas do Paraná no dia 31 de janeiro de 2018. A partir dessa data, só será possível assistir à programação da TV aberta por meio do sinal digital, que oferece qualidade de som e imagem semelhante à de cinema. A Seja Digital, entidade responsável pelo processo de digitalização do sinal de TV no Brasil, está distribuindo kits gratuitos, com antena digital e conversor com controle remoto, equipamentos que permitem que televisores antigos tenham acesso ao sinal digital.

Para conferir se tem direito ao kit e agendar a retirada, basta acessar o site www.sejadigital.com.br/kit ou ligar para a central telefônica gratuita 147, com o NIS (Número de Identificação Social) em mãos.

Para quem já está com os equipamentos e ainda tem dúvidas sobre a instalação, aqui vão algumas dicas para adiantar o procedimento e continuar assistindo sua programação favorita após o desligamento.

O manual abaixo também está disponível no link http://www.sejadigital.com.br/instale.

Sobre a Seja Digital

A Seja Digital (EAD – Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.