Diretores da Quanta Diagnóstico e Terapia são convidados de congresso no Chile

Da esquerda para a direita, o médico José Trujillo, dos Estados Unidos, a médica nuclear Teresa Massardo, do Chile, João Vítola e o cardiologista Daniel Berman, também dos Estados Unidos

O diretor geral da Quanta Diagnóstico e Terapia e cardiologista, João Vítola, esteve na última semana na cidade de Santiago, no Chile, em uma missão oficial da Agência Internacional de Energia Atômica com o objetivo de ajudar a reduzir a mortalidade por doenças cardiovasculares na América Latina. Ele participou de um Curso de Formação Regional no qual falará sobre a melhoria no atendimento de pacientes com arteriosclerose coronária por meio da cardiologia nuclear.

Vítola também foi um dos cardiologistas convidados para o XXVI Congresso ALASBIMN, organizado pela Sociedade Chilena de Medicina Nuclear e Associação Latino-Americana das Sociedades de Biologia e Medicina Nuclear, que também ocorreu na capital chilena. Ele palestrou sobre o valor de estudos de perfusão miocárdica e estratificação de risco cardiovascular e fez uma revisão de ensaios clínicos e como eles podem afetar o uso da cardiologia nuclear.

O médico nuclear e diretor do Serviço da PET-CT da Quanta Diagnóstico e Terapia, Juliano Cerci, também foi um dos palestrantes do ALASBIMN. Ele falou sobre biópsias guiadas por PET-CT, assim como o uso do traçador FDG, utilizado no exame, e avaliação de linfomas infantis.

 

Sobre a Quanta Diagnóstico e Terapia
Fundada em 2003, a Quanta Diagnóstico e Terapia está localizada na cidade de Curitiba (PR) e oferece exames de cintilografia, tomografia computadorizada com 128 cortes, angiotomografias coronariana e vascular, escore de cálcio, PET-CT, biópsias, tratamentos para câncer de tireoide e dor óssea no câncer, ecocardiograma, eletrocardiograma, teste ergométrico e MAPA. Ainda conta com o serviço de Cárdio-oncologia, que ajuda a detectar e monitorar problemas cardiovasculares em pacientes oncológicos.

A clínica mantém o Departamento de Inovação, que realiza pesquisas e estudos para novos protocolos nos tratamentos cardiológicos e de câncer e participa do Vale do Pinhão, ecossistema de inovação da Agência Curitiba de Desenvolvimento SA e Prefeitura Municipal de Curitiba que apoia iniciativas inovadoras de empresas locais. Desde 2007, também tem um acordo de cooperação com a Agência Internacional de Energia Atômica da ONU e, recentemente, começou a participar de um programa da agência: o QUANUM, que realiza auditorias para aprimorar a qualidade e a segurança dos exames de medicina nuclear em todo o mundo. Mais informações no site www.quantadiagnostico.com.br.