Diretores da Quanta Diagnóstico e Terapia são convidados de congresso no Chile

Da esquerda para a direita, o médico José Trujillo, dos Estados Unidos, a médica nuclear Teresa Massardo, do Chile, João Vítola e o cardiologista Daniel Berman, também dos Estados Unidos

O diretor geral da Quanta Diagnóstico e Terapia e cardiologista, João Vítola, esteve na última semana na cidade de Santiago, no Chile, em uma missão oficial da Agência Internacional de Energia Atômica com o objetivo de ajudar a reduzir a mortalidade por doenças cardiovasculares na América Latina. Ele participou de um Curso de Formação Regional no qual falará sobre a melhoria no atendimento de pacientes com arteriosclerose coronária por meio da cardiologia nuclear.

Vítola também foi um dos cardiologistas convidados para o XXVI Congresso ALASBIMN, organizado pela Sociedade Chilena de Medicina Nuclear e Associação Latino-Americana das Sociedades de Biologia e Medicina Nuclear, que também ocorreu na capital chilena. Ele palestrou sobre o valor de estudos de perfusão miocárdica e estratificação de risco cardiovascular e fez uma revisão de ensaios clínicos e como eles podem afetar o uso da cardiologia nuclear.

O médico nuclear e diretor do Serviço da PET-CT da Quanta Diagnóstico e Terapia, Juliano Cerci, também foi um dos palestrantes do ALASBIMN. Ele falou sobre biópsias guiadas por PET-CT, assim como o uso do traçador FDG, utilizado no exame, e avaliação de linfomas infantis.

 

Sobre a Quanta Diagnóstico e Terapia
Fundada em 2003, a Quanta Diagnóstico e Terapia está localizada na cidade de Curitiba (PR) e oferece exames de cintilografia, tomografia computadorizada com 128 cortes, angiotomografias coronariana e vascular, escore de cálcio, PET-CT, biópsias, tratamentos para câncer de tireoide e dor óssea no câncer, ecocardiograma, eletrocardiograma, teste ergométrico e MAPA. Ainda conta com o serviço de Cárdio-oncologia, que ajuda a detectar e monitorar problemas cardiovasculares em pacientes oncológicos.

A clínica mantém o Departamento de Inovação, que realiza pesquisas e estudos para novos protocolos nos tratamentos cardiológicos e de câncer e participa do Vale do Pinhão, ecossistema de inovação da Agência Curitiba de Desenvolvimento SA e Prefeitura Municipal de Curitiba que apoia iniciativas inovadoras de empresas locais. Desde 2007, também tem um acordo de cooperação com a Agência Internacional de Energia Atômica da ONU e, recentemente, começou a participar de um programa da agência: o QUANUM, que realiza auditorias para aprimorar a qualidade e a segurança dos exames de medicina nuclear em todo o mundo. Mais informações no site www.quantadiagnostico.com.br.

Talvez você se interesse por estes artigos

No sábado, 23 de fevereiro, das 9h às 12h, mais de vinte instituições, participam na Boca Maldita, em Curitiba, das comemorações do Dia Mundial de...
Fechar Menu