Em busca da história perdida

"Decifrando o passado – O Egito antes dos Faraós" é uma obra primorosa de Amir El Haje, livre pensador que questiona com bons argumentos a origem da antiguidade

Quantos segredos e mistérios podem estar contidos em sítios arqueológicos como as pirâmides milenares ou a Esfinge de Gizé? Se as místicas construções egípcias, já são por demais instigantes, imagina quando alguém se detém a detalhes pouco esclarecidos até hoje, e que podem contar muito mais do tudo o que já se sabe. Foi exatamente isso que o médico Amir El Haje fez durante nove anos. Cirurgião Plástico, mas entusiasta da Antropologia, e com uma raiz muito forte no Oriente Médio – de onde vem sua família -, ele fez dez viagens de estudos ao Egito, numa extraordinária e original entrega a esta que é uma das mais ricas culturas e berço da humanidade.

Livre pensador, pesquisador contundente, simplesmente pelo inesgotável desejo de aprender sempre mais, o autor tem certeza de que os egípcios possam ter sido influenciados por uma civilização ainda mais antiga, a de Atlântida, e levanta interessantes questionamentos, absolutamente bem fundamentados, no livro que acaba de escrever. Decifrando o passado – O Egito antes do Faraós é uma obra primorosa, editada pela Infinitta Leitura Editora Personnalité, que faz um profundo mergulho na história, com impressionante riqueza de detalhes. E levanta dúvidas bem fundamentadas sobre o que aprendemos até hoje, o que nos convida a pensar sobre o assunto e a compartilhar com o autor as mesmas indagações.

Na realidade, Amir El Haje é mesmo um observador de tudo o que diz respeito à vida. Inquieto, mais que visitar lugares históricos e guardar as recordações em imagens fotográficas, ele vai a fundo em suas pesquisas sobre o que vê, resgatando referências, tentando desvendar segredos e investigando mistérios. Já são muitas as suas experiências em peregrinações a destinos sagrados mundo afora. Neste livro estão algumas delas, em quase 200 páginas bem desenhadas, ilustradas e com cuidadosos detalhes de edição, aqui, sempre remetendo ao tema, o Egito. Uma obra imperdível, especialmente para todos os aficionados por História.

 

Sobre o autor

Amir El Haje é catarinense formado em medicina na Universidade de Londres, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Dirige as clínicas Athenée, em Florianópolis e em Rio do Sul, é chefe do Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Regional do Alto Vale do Itajaí e, na área científica, soma 42 artigos publicados.

Na área cultural, já são dois livros tão complexos quanto fascinantes. O primeiro – Jerusalém, cidade da paz – Minha viagem, minha visão -, foi lançado em 2015. Em 144 páginas e 11 capítulos, o autor faz uma ampla reflexão sobre as maiores religiões da humanidade – o judaísmo, o cristianismo e o islamismo -, intercalando com suas vivências em sete anos de jornadas a destinos característicos. Entre textos e ilustrações, vai desvendando costumes dos povos antigos em interessantes e envolventes relatos esclarecedores.

Agora, Decifrando o passado – O Egito antes dos Faraós, propõe a mesma viagem. Desta vez provocando o espírito de investigação.

 

Serviço:

Lançamento do livro: Decifrando o passado – O Egito antes dos faraós

Dia: 30 de novembro de 2017

Horário: a partir das 19h30min

Local: Livraria Catarinense do Shopping Balneário Camboriú

Endereço: Av. Santa Catarina, Bairro do Estado, Balneário Camboriú – SC