Grande Curitiba deve ter tratamento em 100% dos resíduos em até cinco anos

Os prefeitos que fazem parte do Consórcio Intermunicipal para Gestão de Resíduos Sólidos (Conresol) conheceram e aprovaram nesta quarta-feira (29/11) os estudos para o Plano Metropolitano de Gestão Integrada de Resíduos. A apresentação aconteceu durante a 40ª assembleia da entidade, presidida pelo prefeito Rafael Greca, e indicou a possibilidade de atingir 100% do tratamento de resíduos dos 23 municípios integrantes em até cinco anos.

Os estudos foram expostos pela secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Dias. A proposta inclui a implantação gradativa dos sistemas. Inicialmente seriam criadas as estações de transbordo, diminuindo o que o prefeito Greca chama de “passeio do lixo”. Os resíduos de alguns municípios participantes do Consórcio chegam a rodar 100 quilômetros para chegar ao aterro de Fazenda Rio Grande.

“Quero cumprimentar a gestão do Conresol pelo foco no objetivo principal, que é o avanço no tratamento dos resíduos e a redução do custo do transporte do lixo”, destacou Greca. “Estamos esperando um plano moderno, o mais ambiental e politicamente correto possível. Um plano de ponta, digno do nome da Grande Curitiba”, completou.

A previsão é de que o plano completo seja apresentado no início do próximo ano para os prefeitos e que a licitação seja lançada já em março de 2018.

Economia

Na pauta da assembleia, também foi aprovado o orçamento do Consórcio para 2018, em cerca de R$ 62 milhões, um valor R$ 2 milhões menor do que o aprovado em 2016 para o exercício 2017.

O prefeito cumprimentou a gestão, ainda, pela redução de custos graças a ajustes feitos durante o ano. Ao todo, foi possível uma economia de mais de R$ 900 mil, com a mudança para prédio próprio na Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba.

Além disso, o Conresol equacionou e vem pagando as dívidas passadas com a empresa gestora do aterro de Fazenda Rio Grande e os pagamentos de 2017 estão sendo feitos em dia.

Presenças

Comparecem os prefeitos de Almirante Tamandaré, Gerson Denilson Teixeira; de Bocaiúva do Sul, Floresmundo Alberti Júnior; de Colombo, Bete Pavin; de Mandirituba, Luís Antônio Biscaia; de Piraquara, Josimar Fróes; de São José dos Pinhais, Antônio Cesar Matucheski; e a representante do prefeito de Itaperuçu, Thais Cristina Regini.

A secretária executiva do Conresol, Rosamaria Milléo Costa fez a apresentação do balanço e do orçamento. A subprocuradora do Município, Dra. Rosa Maria Alves Pedroso também acompanhou a reunião.