Projeto ScanPyramids: uma descoberta rara na Grande Pirâmide revelada pela revista científica Nature

A Dassault Systèmes, empresa 3DEXPERIENCE, líder mundial em software de projetos 3D, 3D Digital Mock Up e Product Lifecycle Management (PLM), anuncia que o projeto egípcio-internacional ScanPyramids utiliza técnicas de detecção não-invasivas e não-destrutivas para escanear as pirâmides egípcias e, desta forma, tentar descobrir seus segredos por meio da tecnologia. O projeto é coordenado pelo Heritage Innovation Preservation Institute (HIP) – Instituto de Preservação da Inovação do Patrimônio – e pela Faculdade de Engenharia do Cairo a partir da continuação de uma pesquisa anterior feita pela Fundação Dassault Systèmes.

Após a descoberta do início de um corredor atrás de vigas em outubro de 2016, a ScanPyramids acabou de publicar na famosa revista científica Nature a presença de um grande vazio na Grande Pirâmide (Khufu Pyramid), batizado como “ScanPyramids Big Void” (Grande Vazio da ScanPyramids). Essa câmara de 30 metros de comprimento é comparável em tamanho ao que é conhecido como a “Grande Galeria”. Essa é uma descoberta muito  importante para a história da humanidade, já que nenhuma estrutura arquitetônica importante foi encontrada dentro da pirâmide Khufu desde a Idade Média.

A Fundação Dassault Systèmes e a Emissive fornecem apoio tecnológico e conhecimento ao Instituto HIP e à Universidade do Cairo, que planejaram e coordenaram essa aventura multidisciplinar excepcional com uma experiência de realidade virtual única para trazer essas descobertas à vida.

O ScanPyramids é um dos projetos selecionados pela Fundação Dassault Systèmes, que visa transformar o futuro da educação e da pesquisa, aproveitando os poderosos recursos de aprendizagem e descoberta da tecnologia 3D e dos universos virtuais para reunir equipes multidisciplinares em colaboração. Graças à poderosa experiência e configuração idealizada e desenvolvida pela Emissive, a imersão oferece uma melhor compreensão da realidade, neste caso, o interior da pirâmide, permitindo colaboração e impulsionando os limites do conhecimento. A descoberta de espaços inacessíveis torna-se possível para todos os estudantes, pesquisadores, público e pessoas com deficiência.

Um laboratório de pesquisa de realidade virtual para imaginar o futuro da imersão colaborativa nos campos culturais e educacionais do Museu da Arquitetura e do Patrimônio (Cité de l’architecture et du patrimoine) em Paris.

Foi desenvolvido um protótipo de uma experiência de realidade virtual para transportar grupos de pessoas dentro da Grande Pirâmide, onde podem se deslocar e explorar essas descobertas em um ambiente imersivo. Utilizando um equipamento de realidade virtual, eles têm acesso ao interior da Grande Pirâmide para um novo tipo de visita guiada virtual – uma experiência imersiva inovadora que mostra o futuro das atividades culturais e educacionais por meio de acesso sem precedentes aos monumentos famosos.