Forluz terceiriza ambiente corporativo com a Sonda Ativas

Ação é determinante para a estratégia de negócio da empresa, que possui aproximadamente 24 Terabytes de dados hospedados

Interessada nos diversos benefícios que a terceirização da infraestrutura e do ambiente corporativo promove, a Forluz, empresa privada de previdência complementar, em 2012 migrou suas operações para o Data Center da Sonda Ativas, uma das principais provedoras de serviços gerenciados de TI controlada pelos grupos Sonda, Asamar e Cemig.

“Nós tínhamos uma estrutura de TI bastante robusta e que nos demandava um alto custo de sustentação e manutenção. Era um ambiente complexo no qual administrávamos vários servidores, toda a parte de climatização e continuidade do negócio com geradores. Com o tempo, essas atividades foram se tornando muito dispendiosas. Assim, avaliamos as tendências do mercado e chegamos à conclusão de que o mais adequado seria buscar um parceiro”, afirma Cristiano de Freitas, Gerente de TI da Forluz. O executivo também pontua as questões de segurança, flexibilidade e escalabilidade como fatores determinantes para a escolha da nova estratégia.

Antes de promover o processo de migração, a Sonda Ativas fez todo o planejamento tendo em vista a enorme infraestrutura que seria transportada. “Migramos mais de 30 servidores e uma infinidade de sistemas, que contemplavam o ERP utilizado e todas as operações de fluxo de caixa e RH, contabilizando algo em torno de 12 Terabytes”, afirma Sérgio Marques, Gerente de Serviços da Sonda Ativas. Marques ressalta que também houve a contratação de um pacote completo de soluções que engloba licenciamento, armazenamento, backup, serviço de e-mail, acesso remoto à Internet e à rede por clientes VPN (rede virtual privada), além de segurança.

Com a terceirização do ambiente corporativo, o Gerente de TI da Forluz diz que sua equipe passou a se dedicar especificamente para promover a inovação e a transformação digital da empresa. “Atualmente, em nosso time, há mais analistas de negócio do que de infraestrutura. Sem a terceirização que promovemos, isso seria impossível. A TI hoje deve ser o propulsor da mudança e do desenvolvimento de soluções para que a organização tenha flexibilidade e escalabilidade, e consiga atender às demandas com rapidez”, afirma Freitas.

O bom desenvolvimento dos negócios da Forluz propiciou ainda a ampliação da parceria. “Para conseguir satisfazer a demanda, houve a necessidade de aquisição de novas soluções, ampliação do número de servidores – são 42 – e espaço de armazenamento utilizado para backup. Hoje, sustentamos aproximadamente 24 Terabytes de dados da Forluz e a parceria acabou de ser reafirmada por no mínimo mais cinco anos”, afirma o Gerente de Serviços da Sonda Ativas.

Freitas também destaca o pós-venda da Sonda Ativas. “A empresa possui excelentes profissionais de administração de rede, segurança e infraestrutura. Eles têm exatamente o que buscávamos, ou seja, uma cultura alinhada à estratégia do nosso negócio. Não basta uma boa infraestrutura, é preciso contar com uma equipe engajada e isso nós encontramos com a parceria”, destaca o Gerente de TI da Forluz.

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu