Última semana para se inscrever no curso de capacitação profissional gratuita do Instituto PROA

Inscrições vão até o dia 8 de dezembro e podem participar jovens de baixa renda de São Paulo que estudam na rede pública e com idades entre 17 e 19 anos

O Instituto ProA, ONG referência nacional em educação voltada ao mercado de trabalho, está com as inscrições abertas para seu programa gratuito de capacitação profissional e orientação de carreira para jovens de baixa renda de São Paulo até o dia 8 de dezembro. O programa tem duração de seis meses. Os estudantes aprovados ainda contam com o apoio da ONG e recebem vale transporte e uniforme.

Durante esse período, os alunos são estimulados a desenvolver competências técnicas e comportamentais, com aulas dinâmicas, atividades práticas, vivências corporativas, passeios culturais, visitas a empresas, simulações de processo seletivo e trabalhos em grupo. Depois do curso, os jovens são encaminhados para oportunidades de trabalho em grandes companhias parceiras do programa. A equipe do ProA acompanha o desenvolvimento profissional e acadêmico desses jovens pelo período de três anos após a formação, apoiando-o com mentoria profissional, palestras, atividades culturais e indicação para novas oportunidades de emprego dando sequência à carreira desses jovens.

“A capacitação do ProA é um caminho para mudar o roteiro da vida desses jovens que são os mais atingidos pelo desemprego e têm menos oportunidades. Com o ProA, o jovem desenvolve a maturidade, o trabalho em equipe e seu autoconhecimento, elementos de muita importância para o mercado de trabalho”, afirma Rodrigo Dib, Diretor Executivo do Instituto ProA.

Podem participar do processo seletivo estudantes e ex-estudantes da rede pública que estejam no 3º ano do ensino médio ou tenham concluído o curso. É necessário ter de 17 a 19 anos e renda familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa. Para se inscrever, basta acessar o site www.proa.org.br e preencher o formulário do Processo Seletivo 2018.

Em seus 10 anos de história, o  ProA já capacitou mais de 3.500 jovens. Nesta edição serão oferecidas 240 vagas, número que deve aumentar para o segundo semestre de 2018. A ONG contabiliza que, dos jovens formados nos últimos três anos, 78% estão empregados e 53% cursam agora o ensino superior.