Um em cada cinco fornecedores brasileiros apresenta alto risco de crédito para as contratantes

Estudo inédito da Serasa Experian, realizado na primeira quinzena de dezembro de 2017, revela que 20% das empresas fornecedoras de produtos e serviços oferecem elevado risco de crédito nas transações comerciais com seus contratantes. Ou seja, um em cada cinco fornecedores brasileiros está nesta categoria de risco porque apresenta excesso de negativações por cheques sem fundos, inadimplência com bancos e empresas, além de protestos, recuperações judiciais ou falências decretadas. O levantamento considerou 80 mil companhias, de todos os portes, dos setores primário, indústria, comércio e serviço, cadastradas nos bancos de dados da Serasa Experian.

Ainda de acordo com o levantamento, 5,7% das 80 mil empresas analisadas possuem problemas com obrigações trabalhistas, o que pode comprometer quem terceiriza mão-de-obra, por exemplo.  “As contratantes também podem ser responsabilizadas e penalizadas pelo descumprimento de obrigações trabalhistas por parte do fornecedor”, explica o vice-presidente de Pessoa Jurídica da Serasa Experian, Victor Loyola. “Além das multas, o contratante corre risco reputacional e de imagem ao ter o nome vinculado ao de empresas não idôneas.”

 

Tempo de casa

O estudo também mostrou que 59% da amostra têm mais de dez anos de atuação no mercado, o que pode representar processos mais maduros e maior resiliência para enfrentamentos de crises econômicas, pois a estrutura financeira e operacional dessas companhias já passou por diferentes ciclos e o mercado consumidor conhece a qualidade de seus produtos ou serviços. “Uma empresa com mais de uma década de operação deixa ‘rastros’ da sua experiência com clientes, fornecedores, parceiros e agentes financeiros”, diz Loyola. “E essas informações devem ser usadas para avaliar as contratações.”

 

Estabelecer relações comerciais com os 8% das empresas com menos de quatro anos de operação também pode ser um bom negócio. “Os processos dessas companhias tendem a ser mais modernos, trazendo os benefícios da inovação, proveniente da vontade e necessidade de crescer e fazer uma boa rede de relacionamentos. E é importante ressaltar que mesmo com menos tempo de casa existem dados importantes sobre elas, fundamentais para a tomada de decisão de quem contrata.”

 

Serasa Conecta

Tanto para detectar riscos financeiros, legais ou reputacionais como para encontrar parceiros comerciais que possam agregar valor aos processos, a área de compras tornou-se estratégica para as empresas. Para imputar mais tecnologia e precisão nessa etapa de escolha de fornecedores, a Serasa Experian lançou o Serasa Conecta, uma solução que une compradores e fornecedores para alavancar negócios com mais segurança (https://conecta.serasaexperian.com.br/). Trata-se de uma ferramenta gratuita para compradores que passam a ter acesso às informações completas sobre a saúde financeira e riscos socioambientais de seus fornecedores. Para fornecedores de produtos e serviços, o portal é uma oportunidade para conhecer empresas e alavancar vendas.

 

Metodologia do estudo    

O estudo foi realizado com base nos modelos de análises de risco de crédito de 80 mil empresas dos seguintes setores: primário, indústria, comércio e serviço. O modelo de risco de crédito, que faz parte do Serasa Conecta, é uma ferramenta estatística que mede a probabilidade das empresas entrarem em inadimplência (atrasos maior que 90 dias) ou entrarem em recuperação judicial, extrajudicial ou falência decretada em um horizonte de 12 meses. [viviane.evangelista@comuniquese2.com.br]