Workshop ensinará você a ter uma mente milionária

Quem é rico quer ser mais rico. Quer ser milionário. E quem é pobre quer ser rico. De preferência, muito rico. Mas nem sempre as pessoas trabalham para isso. Aliás, podem até trabalhar muito. Mas não é só o esforço físico que conta. É preciso ter uma mente que queira ser rica.

Alda Colombo, diretora da Pan Desenvolvimento Humano

A trainer, master coach e consultora Alda Colombo, que irá ministrar um workshop na próxima quinta-feira, dia 14, em Curitiba, intitulado “Mente Milionária”, conta que o objetivo é ensinar pessoas a mudarem conceitos sobre dinheiro e adotar os hábitos das pessoas financeiramente bem-sucedidas.

Segundo ela, cada pessoa tem um modelo mental de dinheiro. “Esse modelo é um conjunto de crenças que cada um de nós alimenta desde pequenos. Tais crenças determinam o nosso destino financeiro. Normalmente ouvimos desde crianças que ficar rico é difícil e poucos conseguem. E as pessoas crescem com esses mitos. A saída, então, é modelar pessoas para terem mentes milionárias e conquistarem o que quiserem”, diz.

DÍVIDAS – Segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), elaborada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e divulgada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), 89,9% das famílias paranaenses estavam endividadas em agosto deste ano. A média nacional foi 58% na época. Para Alda, o endividamento das pessoas está intimamente ligado às emoções.

“Dependendo do estado de espírito, as pessoas têm necessidade de recorrer ao que chamamos de fugas, a comer mais, a beber mais, a fumar mais. E assim acontece com a questão financeiras. Às vezes compramos mesmo sem ter como pagar, pois o simples ato ir às compras nos faz bem. Mas é preciso descobrir como não cair nessas ciladas”, orienta ela.

Agora em dezembro, quando o poder de compra está um pouco maior, em razão do décimo-terceiro, férias etc, é preciso estar mais atento ainda. “O dinheiro foi feito para circular. Mas é preciso usá-lo com cuidado. Ter uma mente em equilíbrio é a melhor solução”, diz.

WORKSHOP – O workshop será ministrado na Pan Desenvolvimento Humano (Rua Domingos Gulin, 380), onde Alda é diretora. O master trainer Agenor Brandalise também ministrará o workshop, que ocorrerá das 19h às 22 horas.

Inscrições a R$ 87,00 podem ser feitas pelo site https://www.sympla.com.br/workshop-mente-milionaria__223143 . Outras informações pelos telefones (41) 3095-0506 ou (41) 99738-5214 ou pelo e-mail contato@pandesenvolvimento.com.br

LIVRO – Há, inclusive, um livro, intitulado Mente Milionária, de T. Harv Eker, escrito em 2005, que mostra alguns conceitos entre ser rico e ser pobre. Veja:

As pessoas ricas acreditam nas seguintes ideias:

1 – As pessoas ricas criam a sua própria vida. As pessoas de mentalidade pobre acreditam na seguinte ideia: Na minha vida, as coisas acontecem;
2 – As pessoas ricas entram no jogo do dinheiro para ganhar. As pessoas de mentalidade pobre entram no jogo do dinheiro para não perder;
3 – As pessoas ricas assumem o compromisso de serem ricas. As pessoas de mentalidade pobre gostariam de ser ricas;
4 – As pessoas ricas pensam grande. As pessoas de mentalidade pobre pensam pequeno;
5 – As pessoas ricas focalizam oportunidades. As pessoas de mentalidade pobre focalizam obstáculos;
6 – As pessoas ricas buscam a companhia de indivíduos positivos e bem-sucedidos. As pessoas de mentalidade pobre buscam a companhia de indivíduos negativos e fracassados;
7 – As pessoas ricas são maiores do que os seus problemas. As pessoas de mentalidade pobre são menores do que os seus problemas;
8 – As pessoas ricas pensam: “Posso ter as duas coisas.” As pessoas de mentalidade pobre pensam: “Posso ter uma coisa ou outra”;
9 – As pessoas ricas administram bem o seu dinheiro. As pessoas de mentalidade pobre administram mal o seu dinheiro;
10 -As pessoas ricas agem apesar do medo. As pessoas de mentalidade pobre deixam-se paralisar pelo medo.