Matrículas escolar: como escolher a melhor instituição de ensino?

Durante o período de matrícula escolar, confira algumas dicas do que observar na hora de escolher a instituição de ensino mais adequada.

A escolha da instituição de ensino é uma etapa fundamental para muitos pais e jovens. Esta decisão ajuda a definir os rumos que o estudante vai tomar dali em diante, por isso, deve ser feita sempre a partir de uma pesquisa comprometida.

Conhecer o funcionamento e o histórico da instituição, conversar com ex-alunos e acompanhar suas trajetórias são formas de visualizar o que se espera da escola em que as crianças ou jovens vão passar alguns dos anos mais marcantes de suas vidas.

Atividades inclusas

A primeira recomendação é que os pais e alunos busquem conhecer as instituições. Não apenas a partir de contatos com outros pais, mas principalmente buscando as informações na própria escola. Saber o que está incluso no valor da mensalidade também é bastante importante.

No Colégio Sema e na Escola A Sementinha, em São Mateus do Sul, a mensalidade dá direito a uma variedade de atividades extracurriculares sem custos adicionais.

“Este primeiro contato com o ambiente escolar é muito importante para que os pais conheçam o espaço em que seus filhos serão acolhidos e, especialmente, como é o funcionamento da escola, que será para eles o segundo lar. É importante que a escola passe o conforto, a organização e a segurança que os pequenos merecem”, explica Gisnele Ferraz, coordenadora da Educação Infantil na Escola A Sementinha.

“Durante o período de férias escolares, tanto na Sementinha quanto no Sema nós temos uma equipe preparada para receber pais e estudantes de todos os níveis de ensino. Seja para o berçário ou para o ensino técnico, quem está interessado nas matrículas pode vir visitar a nossa escola e conhecer o seu funcionamento”, explica Adriana Borges Rocha, coordenadora do Ensino Fundamental.

Solidez

Conhecer a trajetória da instituição e verificar como ela enfrentou os desafios durante sua história também é importante. A instituição de ensino precisa garantir que questões burocráticas não interfiram no desenvolvimento do processo pedagógico.

Com experiência em educação desde 1989, o Sistema de Ensino Maria Augusta – que integra a Escola A Sementinha, o Colégio Sema, além do curso técnico em Eletrotécnica – acumula uma trajetória de sucesso, que pode ser percebida especialmente pelos seus egressos.

“Nós mantemos contato com nossos egressos e acompanhamos sempre suas conquistas. É muito satisfatório ver que contribuímos com os primeiros passos daqueles que hoje são engenheiros de empresas renomadas, empresários de sucesso, profissionais da saúde, professores aqui na nossa escola e cidadãos que contribuem com a sociedade. É para esse tipo de formação sólida que trabalhamos todos os dias”, destaca a coordenadora do Ensino Médio, Mariangela Mattos e Silva.

Ensino técnico

Para estudantes do Ensino Médio ou que já concluíram essa etapa, o Sema oferece ainda a formação de técnico em Eletrotécnica. Uma opção para ter uma nova profissão em pouco tempo ou mesmo uma preparação para quem deseja ingressar numa universidade. “Apostamos numa formação de qualidade porque acreditamos que esta é a chave para formar profissionais que vão se destacar no mercado de trabalho”, destaca Carlos Roberto Chaves, coordenador do curso técnico do Sema.

As matrículas para o curso técnico em Eletrotécnica estão com preços especiais até 31 de janeiro, com mensalidades no valor de R$ 380,00 (promoção é válida para a formação de turma mínima de 20 alunos).

Informações

As matrículas para todos os níveis de ensino no Colégio Sema e na Escola A Sementinha estão abertas e podem ser feitas diretamente na secretaria do colégio na Rua Vitório Biancolini, 850. Informações pelo telefone (42) 3532-2004.