A Biblioteca Pública do Paraná promove no dia 27 de fevereiro o lançamento do livro ComoVer, que apresenta uma retrospectiva do universo artístico de Luiz Carlos Rettamozo. Na ocasião, o contador de histórias Carlos Daitschman fará uma leitura dramática, com direção cênica de Mateus Rettamozo. Também será apresentado o recital do poema “Uyba Yeté”, de Tonicato Miranda. O evento tem início às 17h, no Hall Térreo da BPP. A entrada é gratuita.

Considerado um dos artistas mais inventivos e criativos de sua geração, Retta, como é conhecido, é gaúcho da cidade de São Borja (RS), mas vive em Curitiba desde o início dos anos 1970. Transita há décadas no circuito artístico e publicitário da capital paranaense. Trabalhou como diretor de arte em agências de publicidade e criou jingles e marcas históricas no Estado. Nas artes plásticas, ganhou vários prêmios importantes. Algumas de suas obras integram o acervo do Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba.

Essas facetas são apresentadas por meio de textos, fotografias, imagens, e reflexões do artista em ComoVer. A obra ainda traz depoimentos de diversas personalidades do Estado sobre o trabalho de Rettamozo, como os poetas Paulo Leminski e Antonio Thadeu Wojciechowski e o professor e crítico Fernando Bini. O livro ainda vem acompanhado de óculos chroma depth, que permitem a visualização das páginas e obras em 3D.

Outro destaque são os trabalhos realizados nas oficinas de pintura coletiva simultânea, idealizadas e desenvolvidas por Rettamozo, como a Sociedade dos Pintores do Ângulo Insólito e o Coletivo ComoVer Curitiba.

“O Retta tem um currículo extremamente extenso, desde premiações diversas nas artes até seu grande sucesso na publicidade. Ele pintou, performou, criou, desenhou, compôs, atuou, publicou, escreveu, participou de coletivas e individuais, nacionais e internacionais, sendo reiteradamente reconhecido. Essa obra permite um vislumbre do amplo universo do artista”, diz Thereza Oliveira, que coordenou o projeto da publicação de ComoVer.

Proposta pelo filho do artista, Mateus Rettamozo, a obra tem edição assinada por Audrey Lilian Farah (da Arte Editora). O projeto foi viabilizado por meio do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura da Secretaria de Estado da Cultura (Profice) e conta com o apoio da Companhia Paranaense de Energia (Copel).

Crédito fotos: Rodolpho Pajuaba

 Serviço

Lançamento do livro ComoVer, de Luiz Carlos Rettamozo

Biblioteca Pública do Paraná (R. Cândido Lopes, 133 / Curitiba — PR)

Dia 27 de fevereiro (terça-feira), às 17 horas

Gratuito

Mais informações: (41) 3221-4974

 

Talvez você se interesse por estes artigos.

Fechar Menu