Excesso de exercícios físicos pode inflamar o músculo do coração e causar miocardite

Geralmente, a miocardite é causada por uma infecção viral que é identificada por uma inflamação no miocárdio que pode enfraquecer o coração. Quando uma pessoa mantém níveis muito intensos de exercícios físicos, mas sem acompanhamento médico, sofre a perda da capacidade de defesa imunológica e fica vulnerável às infecções, principalmente as viroses, e pode haver invasão do vírus nas células do miocárdio, sendo uma das causas da doença.

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) cerca de 1 milhão de pessoas morreram entre 2014 e 2016 por problemas no miocárdio. A doença causa insuficiência cardíaca, anormalidade na frequência dos batimentos no coração e em casos mais graves morte súbita. Os sintomas mais comuns incluem dores no peito, falta de ar, leve febre e fraqueza no corpo.

Segundo o cirurgião cardíaco e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, Dr. Elcio Pires Júnior, é importante observar se o paciente apresenta um quadro febril e ficar atento a intensidade das atividades. “Evitar excessos na intensidade dos exercícios físicos sem acompanhamento médico e ter uma alimentação regulada para não enfraquecer o organismo é essencial para evitar que o paciente desenvolva esse problema”, alerta o especialista.

O tratamento da miocardite depende da causa e da gravidade, em casos mais leves somente o repouso é necessário. Em pacientes com sintomas é preciso incluir o uso de medicamentos para regular o batimento cardíaco, restringir o sal na dieta e diminuir a intensidade das atividades físicas, e em casos mais graves, um dispositivo semelhante a um marca-passo pode ser necessário para auxiliar o funcionamento do coração.

Para evitar que esses problemas apareçam é preciso seguir o ritmo de treino dentro do confortável. “Nunca aumente o seu treinamento sem as instruções do educador físico, pois esse excesso pode ser prejudicial à saúde. Fazer visitas ao médico regularmente para verificar a situação do coração também é importante e previne as doenças do coração”, afirma Elcio Pires.  joyce.ferreira@medellincomunicacao.com.br

Talvez você se interesse por estes artigos

Muitos mitos ainda cercam a pílula do dia seguinte. Recomendada em casos emergenciais, o medicamento não substitui os métodos contraceptivos tradicionais. Para o ginecologista da Criogênesis, *Dr....
No sábado, 23 de fevereiro, das 9h às 12h, mais de vinte instituições, participam na Boca Maldita, em Curitiba, das comemorações do Dia Mundial de...
Fechar Menu