Um total de R$ 1,6 milhão será doado a 13 novos projetos de conservação da natureza em todo o Brasil, a partir da segunda quinzena de fevereiro. Selecionadas por meio de editais públicos lançados no segundo semestre 2017 pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, as iniciativas serão desenvolvidas em diversos biomas brasileiros e nos ecossistemas costeiro e marinho.  No Paraná são quatro os projetos que receberão apoio financeiro e que, juntos, somam cerca de R$ 607 mil.

A iniciativa “Abundância e tendências da população de cervos do Parque Nacional da Ilha Grande, Paraná, Brasil” visa atualizar as estimativas da população de cervos que habitam a região do Parque Estadual da Ilha Grande (PR) e Parque Estadual Várzeas do Rio Ivinhema (MS). Serão feitos levantamentos aéreos, que possibilitarão analisar as tendências de populações de cervos frente a alterações do meio ambiente. A instituição que realizará o estudo é a Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento Sustentável do Pantanal - Pantanal com Ciência.

Outro projeto que começará a receber apoio financeiro é o “Revigoramento populacional do bicudinho-do-brejo (Formicivora acutirostris)”, realizado pela Mater Natura Instituto de Estudos Ambientais. Após mais de uma década de estudos sobre o bicudinho-do-brejo, o objetivo agora é aumentar a variabilidade genética dessa espécie de ave ameaçada  que vive em brejos salinos do Sul do Brasil. Para tanto, será feita a translocação de ovos entre duas das quatro populações mais conservadas da espécie e também aumentado o sucesso dos ninhos com amarras e apoios. Além disso, os pesquisadores irão monitorar o destino dos filhotes nascidos desses ovos.

Outros dois projetos foram selecionados pelo Edital Biodiversidade do Paraná, que é exclusivo para o território paranaense e realizado pela Fundação Grupo Boticário em parceria com a Fundação Araucária. O “GODOY + 1000: seguindo o Caminho das Antas”, proposto pela ONG Meio Ambiente Equilibrado (MAE), tem como objetivo ampliar a área do Parque Estadual da Mata dos Godoy e requalificar territorialmente a região do “Grande Godoy”, que fica próxima do parque e tem  mais de 5 mil hectares. A intenção é criar mobilizações de cunho técnico-científico, educativo e político para viabilizar a expansão da área legalmente protegida. A região é o maior ativo ambiental de Mata Atlântica do Norte do Paraná e conta com uma animadora distribuição de Tapirus terrestris(antas) que carece de mais áreas conservadas para garantir a sua sobrevivência.

O segundo projeto aprovado no Edital Biodiversidade do Paraná é o “Estudos técnicos para criação de unidade de conservação de proteção integral em remanescentes significativos de floresta ombrófila mista do Paraná”, da Mater Natura Instituto de Estudos Ambientais. Por meio da criação e o manejo de Unidades de Conservação (UC) de Proteção Integral, a iniciativa busca a manutenção da biodiversidade e dos processos ecológicos da Floresta com Araucárias, que é um dos ecossistemas de maior biodiversidade em nível mundial, mas também um dos mais ameaçados de desaparecimento. O projeto terá participação direta da Secretaria Estadual de Meio Ambiente do Paraná, além de apoio de outras iniciativas importantes para a conservação do ecossistema, como o projeto Corredor das Araucárias.

Para conferir a lista completa dos projetos que iniciam no primeiro semestre deste ano, acesse o link.

Edital 2018

Está aberta até 31 de março a chamada do primeiro semestre de 2018 para o Edital de Apoio a Projetos da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, uma das principais instituições da iniciativa privada a apoiar financeiramente ações e pesquisas científicas em conservação da biodiversidade brasileira. Os interessados podem se inscrever até 31 de março, no site da instituição, na seção ‘editais’.

Sobre a Fundação Grupo Boticário

A Fundação Grupo Boticário é fruto da inspiração de Miguel Krigsner, fundador de O Boticário e atual presidente do Conselho de Administração do Grupo Boticário. A instituição foi criada em 1990, dois anos antes da Rio-92 ou Cúpula da Terra, evento que foi um marco para a conservação ambiental mundial. A Fundação Grupo Boticário apoia ações de conservação da natureza em todo o Brasil, totalizando mais de 1.500 iniciativas apoiadas financeiramente. Protege 11 mil hectares de Mata Atlântica e Cerrado, por meio da criação e manutenção de duas reservas naturais. Atua para que a conservação da biodiversidade seja priorizada nos negócios e nas políticas públicas, além de contribuir para que a natureza sirva de inspiração ou seja parte da solução para diversos problemas da sociedade. Também promove ações de mobilização, sensibilização e comunicação inovadoras, que aproximam a natureza do cotidiano das pessoas.

centralpress@centralpress.inf.br

Talvez você se interesse por estes artigos.

Fechar Menu