Passaporte Três Maravilhas impulsiona turismo e Itaipu bate recorde de visitação no carnaval

O Complexo Turístico Itaipu (CTI Brasil) registrou número recorde de visitação no carnaval. Entre sábado (10) e terça-feira (13), passaram pelos atrativos da usina hidrelétrica 13.404 turistas, número 6% maior que o registrado no mesmo período em 2017, quando 12.660 pessoas visitaram Itaipu. A visitação leva em conta apenas aos turistas da margem brasileira da empresa.

O responsável pelo número recorde foi o Passaporte Três Maravilhas, ação de divulgação do Destino Iguaçu, criada em outubro do ano passado, que une os atrativos Itaipu Binacional, Cataratas do Iguaçu e Marco das Três Fronteiras.

Cerca de 10% dos visitantes do principal atrativo de Itaipu, a Visita Panorâmica, compraram o passaporte. Em outro atrativo, o Ecomuseu, 64,28% dos turistas usaram o tíquete especial.

“O passaporte é uma iniciativa inédita na região, alinhada com o que ocorre de melhor no setor em todo o mundo, e ajuda a fortalecer a integração dos atrativos turísticos”, afirmou o gestor de turismo da margem brasileira de Itaipu, Alexandre dos Santos Pacheco.

Em janeiro, os atrativos de Itaipu foram beneficiados pela ação. O CTI Brasil registrou, no primeiro mês do ano, a visitação de 85.500 visitantes, aumento de 11,2% em relação a janeiro de 2017.

Recorde também nos outros atrativos

As Cataratas do Iguaçu e o Marco das Três Fronteiras, os outros dois atrativos do Passaporte Três Fronteiras, também tiveram visitação recorde no feriado de carnaval, se comparado ao mesmo período do ano passado.

Passaram pelo Parque Nacional do Iguaçu 37.593 visitantes, um acréscimo de 3,8% comparado a 2017. Já o Marco das Três Fronteiras registrou a visita de 10.317 turistas, crescimento de quase 100%. No domingo (11), 3.146 pessoas visitaram o Marco, um recorde de turistas em um único dia.

Fotos: Alexandre Marchetti / Itaipu Binacional

imprensa.itaipu@cliptime.com.br

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,5 bilhões de MWh. Em 2016, a usina brasileira e paraguaia retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh. Em 2017, a hidrelétrica foi responsável pelo abastecimento de 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 86% do Paraguai.

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu