Quando é a hora de crescer e apostar na mesma marca?

Notaparana

Conheça a história de empreendedores que após adquirirem uma franquia e experiência, decidiram criar uma espécie de minirrede, ou seja, se tornaram multifranqueados

Em um mundo no qual todos são multitarefa, uma escolha plural pode vir bem a calhar. Um bom exemplo: nos negócios, a segurança financeira vem, geralmente, do investimento em uma franquia. No entanto, quem disse que precisa ser só uma? Os multifranqueados – franqueados que possuem mais de uma unidade da mesma marca – são cada vez mais comuns no mercado. Atualmente 74.5% das franquias têm multifranqueados, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF).  “Nós já sentimos um crescimento na procura de franqueados por mais uma unidade. Somente este ano, três dos nossos franqueados abriram outras lojas, e já temos uma fila se programando para abrir mais unidades”, explica Claudinei dos Anjos, diretor-presidente da Anjos Colchões. A rede tem 54 lojas e 6 multifranqueados no total.

Replicar um modelo que está dando certo explica, em parte, por que os franqueados optam por ficar na mesma marca. “A grande motivação, sem dúvida, foi a boa rentabilidade que a primeira loja me ofereceu”, conta Márcio Pereira, franqueado da Casa de Bolos. Segundo ele, a decisão de abrir mais lojas já estava tomada logo na abertura da primeira unidade, em 2013, e o retorno financeiro que conseguiu só o impulsionou ainda mais.

Investir na mesma marca ou optar por outra? Essa é também uma ponderação importante a fazer. No entanto, a decisão de abrir uma nova unidade da mesma franquia pode transferir um know-how importante, o que ajuda na melhor gestão e sinergia do negócio. Foi essa a lógica por trás da escolha de Murilo Tomas Cruvinel, franqueado da Rede Compre Certo. “Decidi investir em uma nova unidade da Compre Certo por já estar na rede e conhecer bem a marca. Além disso, com essa decisão pude uniformizar as lojas da forma como gostaria”, diz.

A rentabilidade, realmente, faz toda a diferença, independentemente do segmento. “A minha decisão de abrir mais uma unidade da Doctor Feet esteve muito ligada a alta perfomace da primeira loja e também por acreditar muito no potencial do setor de serviços, mais especificamente, de podologia”, diz a franqueada Carmen Rodrigues. “A rede é referência nesse mercado e possui mais de 20 anos”, finaliza.

Para o franqueador, o multifranqueado pode ser um grande parceiro no crescimento da marca como um todo, além de assegurar a efetividade do bom trabalho desempenhado por ambas as partes. “O empreendedor que aposta na franquia mais de uma vez gera indicadores que apontam satisfação e confiança, ajudando a nortear nossas ações e confirmar a eficácia do nosso trabalho”, avalia Fernando Massi, diretor da OrthoDontic, rede de franquias que possui, hoje, 54 multifranqueados, do total de 180 unidades em funcionamento. Alguns deles, inclusive, já ganharam até premiações internas, como é o caso dos franqueados Fernando Silveira Rabelo e Carlos Filipe Silveira, que figuraram em 1º lugar na convenção na categoria “Melhor Desempenho em cidade com mais de 150 mil habitantes”.

O incentivo do franqueador, nesse caso, é um ponto e tanto a favor.  “Na época que decidi abrir uma segunda unidade da CredFácil, levei ao André Oliveira, fundador e diretor da rede, e ele me explicou como funcionava e me incentivou muito. Essa transparência e suporte explicam por que gosto tanto da marca”, conta  o franqueado Max Braga, que possui duas unidades da franquia especializada em serviços financeiros.