Startups globais deram o tom da inovação na NRF Retail’s Big Show 2018

“Como conquistar novos mercados e consumidores, alavancar resultados e melhorar a performance do negócio? Qual a melhor estratégia a adotar para os próximos anos a fim de aprimorar o varejo?” As perguntas que fazem parte do dia a dia de milhares de varejistas no Brasil - sejam eles de pequeno, médio ou grande porte – estão entre os pilares que movem o maior evento de varejo do mundo: a NRF Retail’s Big Show, realizada anualmente nos Estados Unidos. Em sua 107ª edição, o evento aconteceu em janeiro em Nova York e mais uma vez focou na tecnologia.

Cerca de 37 mil visitantes de 107 países, representantes de 7500 empresas passaram pelo evento este ano e puderam entrar em contato com o trabalho de 700 expositores do mundo todo em espaços exclusivos que permitiram explorar um organizado ecossistema de palestras, conferências, debates e podcasts.

Especialista em varejo e responsável pelo laboratório de startups do OasisLab (primeiro centro de inovação especializado em varejo do Brasil), Fabíola Paes participou do evento e destacou 50 startups globais que, por meio da inovação tecnológica, estão revolucionando a forma de comprar e vender.

Estas empresas, focadas na experiência do consumidor com ênfase nas integrações multicanal – on e off-line – estiveram entre os assuntos mais debatidos na feira. “A redução do atrito entre canais e sua maior fluidez para um varejo mais híbrido, somado às variadas tecnologias, foi pauta de grande relevância durante os três dias do encontro. No NRF Startup Meetup realizado durante a NRF Retail’s Big Show, por exemplo, 21 startups apresentaram suas ideias com base em temas como inteligência artificial, branding experience e omnichannel”, completa.

Startups com alto impacto em inovação e tecnologia

Reconhecidas por serem grandes propulsoras e potencializadoras de novas tendências no mercado varejista, as startups estão mudando a forma como as empresas se relacionam com seus públicos.  Essas modificações são muito rápidas e fazem parte do DNA das startups que focam inovação e tecnologia e tem uma capacidade de adaptação e reinvenção muito mais rápida do que as antigas corporações.

O estudo desenvolvido por Fabíola, que pode ser conferido abaixo, foi organizado em forma de mandala, onde as startups globais que se destacaram em soluções e propostas inovadoras foram classificadas de acordo com as principais macrotendências e eixos de inovação que norteiam suas funcionalidades. Sua realização - uma parceria do OasisLab com a Neomode, e apoio acadêmico do Núcleo de Varejo Retail Lab da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), no qual Fabíola leciona e coordena alguns projetos - tem por objetivo difundir o conhecimento e ressaltar a importância destas práticas inovadoras para o segmento varejista.

A mandala conta com 10 macrotendências e organiza as startups e seus projetos dentro de um cenário que fala de operação, inteligência artificial, logística, engajamento com consumidor, tecnologia 3D, online, IoT (a internet das coisas), pagamento, realidade aumentada/realidade virtual, e omnichannel. O trabalho relaciona produto, serviço e resultados, indicando fornecedores mundiais.

Um dos principais apoiadores desse projeto e também fundador do OasisLab, Hélio Biagi observa que “o estudo é inédito e tem por objetivo destacar startups provedoras de soluções tecnológicas dentro de um cenário global, visando motivar os varejistas a explorarem cada vez mais este ecossistema como ferramenta na busca dos seus objetivos de inovação e resultados”.

O Cenário completo das Startups Globais e Inovações apresentadas na NRF Retail’s Big Show 2018 você confere no release anexo, junto com uma mandala exclusiva desenvolvida pelo grupo de pesquisadores do Oasislab, Neomode  e Núcleo de Varejo da ESPM.

grothm1975@gmail.com

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu