Uma dos maiores (literalmente) problemas mundiais relacionados com a saúde é a obesidade - e não se engane pensando que este é um problema exclusivo de países como Estados Unidos, um dos maiores consumidores de Fast Food do mundo - por vários motivos:

- Fast Food é uma realidade em diversos países incluindo Brasil;
- Não é apenas Fast Food que engorda e
- Muitos casos de obesidades tem raízes emocionais

Uma recente pesquisa do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aponta que o Brasil já possui um número excessivo de pessoas acima do peso, com destaque para os adultos que utilizam planos de saúde: o quadro de obesidade destas pessoas aumentou 41,6% entre 2008 e 2016.

Estamos falando de pessoas economicamente ativas, portanto o peso  extra pode afetar e desmotivar a pessoa - e quando este problema de saúde afeta a auto-estima, o resultado pode ser devastador.

A Master Coach, Bianca Caselato, explica quando a silhueta passa incomodar até mesmo a vontade de ir trabalhar ou mesmo sair de casa, é um sinal claro que a pessoa precisa perder peso, mas com responsabilidade:

"Como tudo na vida, perder peso é difícil principalmente quando não se coloca um objetivo. Dieta sem planejamento e sem foco, por conta própria, tem grandes chances de não funcionar.  Até é possível, mas precisa ser muito disciplinado".

Life Coaching faz parte da mudança
Caselato explica que para esta mudança dar certo é necessário contar com uma equipe profissional multidisciplinar para ajudar não apenas na questão física, mas também psicologicamente. Antes de mais nada tem que partir da própria pessoa este desejo de mudar e tudo parte do autoconhecimento.

A pergunta chave é: emagrecer para quem? "Este perder peso  é para a própria pessoa ou para os outros? Quando a pessoa se descobre e aceita que está gordinha e a partir deste ponto toma uma atitude para mudar, o processo fica mais fácil.  É mais tranquilo manter uma dieta restritiva ou mesmo uma rotina de exercícios. Isso acontece pois a mudança é para a própria pessoa."

E neste ponto que o Life Coaching entra em ação. Bianca explica que é necessário descobrir qual é o desejo real da pessoa, traçar um plano adequado e seguir este objetivo: "Esta disciplina só é possível quando o desejo de mudar é interno. Tentar mudar para agradar terceiros não vai trazer os resultados desejados" conclui Caselato.

Foto: Pixabay

Talvez você se interesse por estes artigos.

O nervo ciático é responsável por controlar as articulações do quadril, joelho e tornozelo e, também, os músculos posteriores da coxa e os músculos da perna.  A lombociatalgia, mais conhecida como "dor no ciático", é um problema...
Fechar Menu