*Enquanto o mercado de telefonia móvel perdeu 74 mil clientes nos três primeiros meses de 2018 no Paraná, Oi foi a única operadora a crescer com adição de 18 mil clientes.

A operadora Oi lidera as adições líquidas de clientes na telefonia móvel nos três primeiros meses de 2018 no Paraná, segundo relatório divulgado pela Anatel. Enquanto o mercado de telefonia móvel no estado perdeu 74 mil clientes neste período a Oi fechou o mês de março com 100% dos novos clientes do mercado móvel entre todas operadoras, o equivalente a 18 mil novos acessos, um crescimento de 2%. Regionalmente, o maior destaque da Oi no Paraná foi no DDD 42, que abrange cidades como Castro, Guarapuava, Irati, Ponta Grossa e Telêmaco Borba, onde a companhia obteve 5,7 mil novos clientes, um crescimento de 6% nos últimos três meses e de 13,2% nos últimos 12 meses. Outro destaque da Oi foi no DDD 44, que abrange cidades como Campo Mourão, Maringá, Paranavaí e Umuarama, onde a Oi obteve 3,9 mil novos clientes em 2018. No Paraná, a Oi chegou a 1,037 milhões de clientes e na Região Sul a 3,7 milhões. 

Um dos principais focos da Oi para este ano no Paraná é a ampliação em 35% do número de lojas (próprias e franquias) para se aproximar, principalmente no interior do estado, de um atendimento pessoal e direto ao seu usuário e ao potencial cliente. Para isso, diversas lojas foram inauguradas nos últimos meses e o diretor de Varejo da Oi na Região Sul, Giovani da Silva, destaca a abertura de novos pontos de atendimentos e a ampliação da cobertura móvel 4G no interior do estado como os principais efeitos nos resultados positivos da Oi nos três primeiros meses de 2018: “Abrimos novas lojas em diversas cidades paranaenses com destaque nas vendas nos últimos meses como Ponta Grossa e Maringá e implantamos cobertura móvel 4G em cidades como Telêmaco Borba e Campo Mourão, para nossos clientes terem maior velocidade de download e upload para postarem fotos, vídeos e acessarem as redes sociais. Nesse sentido, esse reforço de rede é um passo importante para que a companhia possa atender ao mercado com um serviço de qualidade", diz o diretor. Com previsão de expansão de 35% no número de franquias para 2018, a companhia tem estratégias de venda focada na evolução do portfólio de produtos convergentes e serviços digitais e busca parceiros para abertura de lojas, quiosques e outros pontos de venda nas cidades de Apucarana, Arapongas, Curitiba, Campo Largo, São José dos Pinhais e Toledo.  

A Oi aumentou em 161% o número de cidades com cobertura de 4G em 2017 e agora oferece o serviço em 47 cidades: Curitiba, Almirante Tamandaré, Apucarana, Arapongas, Araucária, Assis Chateaubriand, Bandeirantes, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Mourão, Cascavel, Castro, Cianorte, Colombo, Dois Vizinhos, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Guarapuava, Guaratuba, Irati, Jacarezinho, Lapa, Laranjeiras do Sul, Londrina, Mandaguari, Marialva, Maringá, Medianeira, Palmas, Palmeira, Paranaguá, Paranavaí, Pato Branco, Pinhais, Pinhão, Pitanga, Ponta Grossa, Quedas do Iguaçu, Rio Branco do Sul, Santo Inácio, São José dos Pinhais, São Mateus do Sul, Sarandi, Telêmaco Borba, Toledo, Umuarama e Virmond. 

A companhia investiu mais de R$ 213 milhões no Paraná em 2017, o que representa um aumento de 17% em relação a igual período de 2016. No país, o investimento total foi de R$ 5,6 bilhões, registrando aumento de 18,3% em relação ao ano anterior, sendo que a maior parte dos recursos foi aplicado na modernização da infraestrutura e expansão da capacidade de rede, na expansão do 4G e dos serviços de TI. A Oi implantou no estado 99 novos sites de telefonia móvel e 1.159 sites foram ampliados ou modernizados.

Talvez você se interesse por estes artigos.

Fechar Menu