Programa de óculos a preços populares é ampliado no Paraná e em Santa Catarina

A partir do dia 28 de maio, o programa Ótica Cidadã, que oferece óculos a R$ 60 para a população de baixa renda, amplia sua rede de atendimento no Sul do país. O Instituto Ver & Viver, braço de responsabilidade social do grupo Essilor e responsável pela iniciativa, fechou parceria local com a rede Óticas Lens e aumentará o número de lojas credenciadas em mais 35, subindo de 19 para 54, no Paraná e em Santa Catarina.

O programa foi lançado em julho de 2017 com o objetivo de ajudar mais de 13 mil pessoas a enxergar melhor, apenas no primeiro ano. Em todo o Brasil, já são mais de 287 lojas oferecendo óculos a preços populares para os aposentados, assalariados e pensionistas com rendimento de até R$ 1.200. Os desempregados que comprovarem que último salário com até este valor, também terão direito aos óculos, além dos beneficiários do Bolsa Família.

“A ampliação da rede local atende a uma demanda crescente que vínhamos notando desde o início do programa na Região Sul. Com o maior número de pontos credenciados, conseguiremos beneficiar ainda mais pessoas que não têm condições financeiras de comprar seus óculos”, afirma Sandra Abreu, diretora do Instituto Ver & Viver. “Dados estatísticos mostram que 80% dos problemas com a visão podem ser facilmente resolvidos com um par de óculos”, complementa Sandra.

Outras cinco grandes redes em todo Brasil fazem parte do Ótica Cidadã: Óticas Diniz, Chilli Beans, Óticas Carol, Mercadão dos Óculos e Óticas Visão. Com a entrada de mais 35 óticas do Grupo Lens (Curitiba Centro Ótico, Boa Vista e Via Visão) o potencial do programa será ampliado, já que com 10 óculos disponibilizados por loja ao mês, a rede poderá atender 350 pessoas mensalmente em sua região de atuação.

O objetivo é chegar gradativamente a mais de 500 lojas em todo o Brasil oferecendo o benefício aos usuários de baixa renda e melhorar suas vidas através da visão. O programa é fruto de uma rede de cooperação privada entre os principais agentes do segmento ótico – o Grupo Essilor com seus laboratórios óticos e as redes óticas - para atuarem frente a uma importante questão socioeconômica do país: no Brasil, estima-se que 30 milhões de indivíduos possuem problemas de visão e não têm acesso aos óculos de grau.

O benefício

Os óculos oferecidos são voltados para a correção de miopia, hipermetropia ou astigmatismo. O programa atende assalariados, aposentados e pensionistas com rendimento de até R$ 1. 200 e beneficiários do Bolsa Família, além dos filhos menores e cônjuge do titular. Também têm direito a comprar os óculos completos (incluindo a armação e o par de lentes) ao valor de R$ 60, desempregados que comprovarem seu último salário de até R$1.200, 00. Para adquiri-los, é necessário apresentar a prescrição feita por um médico oftalmologista, juntamente com a documentação exigida.

O participante deve acessar o site www.oticacidada.org.br, localizar as óticas que fazem parte do programa e levar a receita médica com validade de até seis meses – o oftalmologista é o único profissional que pode realizar o exame de vista.

claudia.rocha@approach.com.br

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu