Tabagismo causa mais da metade dos casos de câncer de bexiga

O relatório de Estimativa de Câncer 2018, divulgado pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), aponta que, nas últimas décadas, o mundo vem apresentando um aumento significativo de casos novos de câncer de bexiga. E uma das principais causas desse aumento é o tabagismo.

Estudos indicam que o tabaco é a causa principal de 30% do número total de casos de câncer. Nos tumores de bexiga, esse percentual varia de 50% a 65%. "Dentre os fatores de risco para o câncer de bexiga, o tabagismo representa um papel preponderante", analisa o uro-oncologista do Centro Oncológico da BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo, Gustavo Guimarães.

O cigarro, forma de tabagismo mais comum e frequente, libera no organismo mais de 50 compostos cancerígenos e parte dessas substâncias ataca especialmente as células do revestimento da bexiga, dando origem aos tumores. As substâncias cancerígenas do tabaco são agressivas até para quem inala indiretamente a fumaça, os chamados fumantes passivos, que também correm risco de desenvolver a doença.

Ex-fumantes têm risco reduzido, mas não estão completamente livres do câncer de bexiga. "Estima-se que após 10 anos o risco diminui, mas não desaparece totalmente. Depende de múltiplos fatores como carga genética, número de cigarros que costumava fumar, tempo de tabagismo, entre outros", explica o especialista.

Nos casos em que o tumor é detectado, a decisão de não parar de fumar compromete a resposta ao tratamento e potencializa a progressão e a recorrência da doença.

Gustavo Guimarães alerta que, apesar do tabagismo ser a causa mais predominante para o surgimento do câncer de bexiga, existem outros fatores de risco que também são relevantes: história familiar, mutações genéticas, exposição ocupacional a produtos químicos ou à radiação e até o uso de alguns medicamentos.

Por isso, a recomendação do uro-oncologista é atuar sobre as causas evitáveis da doença, entre elas parar ou não começar a fumar, além de buscar a prática de atividade física aliada a uma alimentação balanceada.

Asco Annual Meeting 2018 
O câncer de bexiga será um dos temas discutidos no encontro anual da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (American Society of Clinical Oncology - Asco), o evento mais importante da área no mundo e que reúne mais de 30 mil oncologistas, a ser realizado entre 1 e 5 de junho em Chicago, Estados Unidos.

Os especialistas do Centro Oncológico da BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo participarão do evento. Nomes como Antônio Carlos Buzaid, diretor Médico Geral, e Fernando Cotait Maluf, diretor Médico Associado, além de Carolina Kawamura, Fabio Kater, Fábio Schutz, Juliana Pimenta, Lucas Vieira dos Santos, Rafael Schmerling, Ricardo Carvalho e Rosely Yamamura estarão em Chicago para trazer aos clientes do Centro Oncológico da BP as últimas novidades mundiais no tratamento do câncer.

Sobre a BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo 

A Beneficência Portuguesa de São Paulo agora é BP, um polo de saúde moderno e atualizado que valoriza a vida de todos e de cada um. Composto por 4 hospitais com foco em alta complexidade e que atendem diferentes perfis de clientes e outros 3 serviços que contemplam medicina diagnóstica, atendimento ambulatorial e educação e pesquisa, a BP compreende mais de 220 mil m² construídos, 7.500 colaboradores e 4.500 médicos distribuídos em 8 edifícios e cerca de 50 clínicas nos bairros da Bela Vista, onde são concentrados os serviços privados, e da Penha, onde são oferecidos os serviços para clientes regulados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O polo de saúde é composto pelo Hospital BP, referência em casos de alta complexidade, pronto-socorro geral e corpo clínico especializado para clientes de planos de saúde e particulares; pelo BP Mirante, hospital que oferece um corpo clínico renomado, pronto atendimento privativo, hotelaria personalizada e cuidado intimista para clientes particulares e de planos de saúde premium; pelo BP Essencial, hospital que tem foco na qualidade assistencial e oferece acomodações compartilhadas para clientes de planos de saúde básicos e particulares; pelo BP Hospital Filantrópico, que oferece cuidado humanizado e eficaz para clientes regulados pelo Sistema Único de Saúde (SUS); pela BP Medicina Diagnóstica, um completo e atualizado centro de diagnósticos e de terapias, que oferece exames laboratoriais, de imagem, métodos gráficos e de todas as outras especialidades diagnósticas; pelo BP Vital, uma rede de clínicas e consultórios de diversas especialidades médicas que atua de forma integrada com os demais serviços da BP; e pela BP Educação e Pesquisa, tradicional formadora de profissionais de saúde que capacita profissionais por meio de cursos técnicos e de pós-graduação, residência médica, eventos científicos e é responsável por gerenciar mais de 100 estudos e pesquisas na área da saúde com o intuito de contribuir para a evolução da Medicina no País.

rogerio.ramalho@mslgroup.com

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu