Após 28 anos de ausência, Egito volta à Copa do Mundo

Notaparana

Desde 1990, o Egito não está presente nas Copas do Mundo; mas dessa vez, com a experiência europeia dos jogadores Salah, Elneny e Hegazi, os “faraós”, na fase das eliminatórias, mandaram para casa os países de Gana, Congo e Uganda. Com sete títulos da Copa das Nações Africanas, o time egípcio promete avançar fases, já que na primeira rodada enfrenta a Rússia, Arábia Saudita e Uruguai.

Quando o assunto é turismo, o país também vem se reerguendo e mostrando suas potencialidades, com modernas arqueologias, grandes monumentos além do poderoso Nilo. Turkish Airlines, Royal Air Maroc, Ethiopian, Lufthansa, Alitalia, Emirates e Air France são algumas das companhias aéreas que fazem o trajeto.

“Cairo apresenta um dos mais incríveis museus do planeta, com múmias, sarcófagos, esculturas e outras preciosidades. As pirâmides de Quéops, Quéfren e Miquerinos e a famosa esfinge atraem turistas do mundo todo”, destaca o CEO da Travely, Renan Tavares.

Outra dica é conhecer o Mar Vermelho, um dos melhores pontos de mergulho do planeta. Fazer um safári de uma noite, pelo deserto do Saara, também vale a pena. Conhecer a cidade Edfu, onde está o templo de Hórus (um dos mais bem preservados do Egito Antigo) e a espetacular Luxor, com complexos religiosos incríveis como Karnak, e o imperdível Vale dos Reis, onde estão as tumbas de faraós como Ramsés II e Tutâncamon são outras opções de passeios.

A área de Luxor é muito rica, sob muitos aspectos. “Passeios de balão sobrevoando essa região são uma das experiências mais emocionantes para muitos que visitam a área. A gastronomia também é fascinante, com chás, falafel, kebabs e outras iguarias com frescor característico da culinária mediterrânea”, ressalta o CEO da Travely, Renan Tavares.

Para visitar o Egito a turismo, é recomendável apresentar comprovante de vacina contra febre amarela, com certificado internacional. O passaporte deve ter validade superior a seis meses. O visto para entrada pode ser adquirido na chegada do Aeroporto de Cairo, ou nos postos de fronteira, caso a viagem seja pela via terrestre, mediante o pagamento da taxa de US$ 30,00. O visto pode ser renovado posteriormente junto à autoridade migratória egípcia.

Serviço:

Travely Operadora de Turismo

www.travely.com.br

0800 649 1111