Há quatro anos, quando a Copa do Mundo foi realizada no Brasil, muitos de nós fizemos o possível e o impossível para assistir pelo menos a um jogo em um dos estádios. Neste ano, com a Copa indo para a Rússia, a maior parte dos brasileiros vai mesmo se contentar em assistir a tudo pela televisão. Mas isso não significa que ele vá abrir mão do conforto e da alta qualidade na hora de torcer pela seleção de Tite.

Pesquisa realizada pelo Ibope Conecta mostra que a maioria dos brasileiros deve mesmo curtir o futebol em casa. Os resultados apontam que 73% dos entrevistados pretendem assistir aos jogos no próprio lar ou na casa de amigos; 10% devem acompanhar as partidas em bares e restaurantes; enquanto 7% vão torcer do trabalho e 5% em eventos com transmissão ao vivo.

De acordo com levantamento divulgado pelo Google, a quantidade de buscas por televisores, sofás e churrasqueiras no primeiro trimestre de 2018 foi mais de três vezes maior do que em 2014, quando a Copa foi no Brasil. Entre os termos que mais subiram estão TVs de 4K de 58 polegadas (crescimento de 1.000%), antena HDTV (700%), sofá de seis lugares (400%), fritadeiras e fornos elétricos (338%). O brasileiro quer alta qualidade de imagem e som aliada a conforto.

 

4K só na TV por assinatura

E se é 4K que o brasileiro quer, ele vai precisar recorrer à TV por assinatura. A tecnologia também conhecida como Ultra HD, que oferece imagens com resolução quatro vezes superior ao atual Full HD, não está garantida pelas emissoras de televisão aberta brasileiras. Apesar de a Fifa ter anunciado que vai captar imagens de altíssima definição, até o momento, apenas a SportTV confirmou que vai exibir a Copa do Mundo em Ultra HD no Brasil.

A TV aberta no Brasil ainda discute internamente em busca de um consenso técnico que permita o uso da tecnologia 4K, já que teria havido um descompasso entre os fabricantes de TV e a real condição de entrega de conteúdo em resolução Ultra HD pelas emissoras. A solução, portanto, será buscar pacotes de TV por assinatura, como a Sky TV.

Assistir a Copa em casa é mais barato e mais confortável

Assistir televisão em casa é, sem sombra de dúvida, muito mais barato do que ir à Rússia e acompanhar os jogos da seleção brasileira. Mas também é interessante lembrar o quão confortável pode ser assistir o time de Tite entrar em campo, num bom sofá, diante de uma televisão com alta definição e não perder nenhum lance. Estar em um estádio é bastante emocionante, mas torcer pela seleção no conforto do lar tem seu lugar de honra para qualquer brasileiro.

Canais dedicarão programação integral à Copa do Mundo

Quem é um verdadeiro apaixonado pela Copa do Mundo gosta de assistir a todos os lances de todos os jogos e ainda acompanhar as notícias, comentários e mesas de debate sobre futebol nessa época. Embora a TV aberta vá realizar uma grande cobertura do evento, os canais precisam também dedicar espaços a outros conteúdos do cotidiano. Na TV a cabo, o telespectador encontrará canais inteiros dedicados ao esporte em que o maior fã do futebol mundial pode assistir a tudo o que quiser.

(mpa)

Talvez você se interesse por estes artigos.

Fechar Menu