Curitiba ganhará Parque Inglês com cabine telefônica original

Curitiba vai ganhar um parque inglês. O anúncio foi feito pelo prefeito Rafael Greca, nesta terça-feira (12/6), ao lado do cônsul honorário do Reino Unido no Paraná, Adam Patterson, em reunião no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc).

Na reunião também foi assinado o contrato de doação ao município de Curitiba, pelo consulado-geral do Reino Unido em São Paulo, de uma cabine telefônica original britânica, feita de ferro fundido.

Incorporada ao patrimônio municipal, a tradicional cabine vermelha será uma das peças a compor o Parque Inglês, que contará com elementos de mobiliário, história, cultura, arte e esportes bretões. O parque será implantado na área de 20 mil m² onde está o Parque Gomm, no Batel, no entorno da casa construída em 1913 para ser a moradia do industrial inglês Henry Gomm, de sua esposa, Isabel Withers Gomm, e família.

“O novo Parque Inglês de Curitiba será uma homenagem às famílias Gomm, Withers, Todd e Tamplin e um memorial aos primeiros imigrantes ingleses que chegaram ao Paraná e se instalaram na Colônia Açungui, onde hoje é a cidade de Cerro Azul”, disse o prefeito.

“A Grã-Bretanha tem uma história extensa e rica no Paraná. Foi uma empresa de capital britânico que fundou 63 cidades no Norte do Estado, entre elas Londrina. A ideia do parque é reconhecer a história e valorizar a relação bilateral existente para criar um novo futuro”, afirmou Adam Patterson.

Estudo

O prefeito encomendou ao Ippuc o estudo para a implantação do parque que deverá contar com uma trilha de caminhada na qual os visitantes poderão passar por peças que fazem parte da história britânica. “O novo parque vai contar com monumentos que remetem ao Reino Unido, que vão desde referências à Carta Magna, aos estudos de Darwin, à poesia de Blake, de Shakespeare, dos Beatles e também do futebol”, explicou Greca.

“Embaixada do Mundo”

Tombada pelo governo do Estado, a Casa Gomm foi o primeiro consulado inglês em Curitiba. Na opinião do cônsul Adam Patterson, o parque vai resgatar um importante trecho da memória inglesa na cidade. “É uma história perfeita. Um Parque Inglês no entorno da Casa que foi Embaixada do Mundo, o centro de reuniões da comunidade diplomática em Curitiba”, disse.

 

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu