Ministério da Saúde prorroga campanha contra a gripe no Paraná

Até o dia 12 de junho, somente 83,5% do público-alvo prioritário da campanha de vacinação contra a gripe havia se vacinado. Segundo dados do Ministério da Saúde, pelo menos 3,1 milhões de pessoas devem ser vacinadas no Paraná até o dia 22 de junho, data final da prorrogação.

Para garantir que a vacinação seja assegurada para a população prioritária, o Ministério da Saúde enviou 3,4 milhões de doses da vacina para o estado. Já o caso das crianças é alarmante, porque apenas 65% se imunizaram até agora. A maior preocupação, no entanto, é com a chegada do inverno, período onde há maior circulação do vírus da gripe.

Em todo o País, segundo último levantamento, pelo menos 11,6 milhões de pessoas ainda precisam se vacinar contra a gripe. Os grupos prioritários são idosos a partir dos 60 anos, crianças de seis meses e menores de cinco anos, trabalhadores da saúde, professores, povos indígenas, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) e pessoas privadas de liberdade.

A partir do dia 25, caso haja disponibilidade, a vacina poderá ser ampliada para crianças de até nove anos de idade e adultos de 50 a 59 anos. A escolha dos grupos prioritários é feita de acordo com recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS). Possui, também, respaldo de estudos epidemiológicos e por observação de comportamento das infecções respiratórias. Por isso, os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias são priorizados.

fonte

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu