Pela primeira vez na Copa, Islândia surpreende pelas belezas naturais

Uma das maiores surpresas da Copa do Mundo, a Islândia, que participa pela primeira vez do campeonato, é o menor país entre os participantes do evento. A ilha, com 335 mil habitantes, conseguiu o grande feito graças à tecnologia e o carisma Viking.

Do tamanho de Ponta Grossa, cidade paranaense, a pequena Islândia saiu das últimas posições para o 18º lugar do ranking da Fifa. A evolução aconteceu graças a um projeto nacional ousado, que desafiou o frio e capacitou treinadores e jogadores. Mesmo que a estreia seja contra a grandiosa seleção da Argentina de Messi, a promessa é fazer da terra com maior quantidade de técnicos per capita do planeta, uma interessante surpresa para os amantes do futebol. Porém, a Islândia é muito mais que talento dentro das quatro linhas.

A Islândia é conhecida por oferecer aos seus turistas cenários espetaculares, tanto que o nome "terra do gelo", deve-se por abrigar o maior glaciar da Europa e por ter 15% do seu território coberto de neve. Já a parte do fogo, deve-se aos 20 vulcões, lava petrificada, praias de areia preta vulcânica, piscinas naturais e cachoeiras de água quente. Além desse lado exótico, outro aspecto que encanta é a aurora boreal. "Certamente, essa é uma das experiências mais sublimes com a qual os turistas podem se deparar. As luzes coloridas que se movem no céu, sobre os polos da terra são incríveis nos arredores de Reykjavík. De setembro a março, quando as noites são mais longas, é ideal para ver as variáveis de azul, verde, roxo e vermelho no firmamento", destaca o CEO da Travely Operadora de Turismo, Renan Tavares.

Atualmente, a maior indústria da Islândia é o turismo e o número de visitantes que quer conhecer cenários reais de Game of Thrones aumenta progressivamente. Com as novas demandas, o mercado hoteleiro atende todos os públicos. "Na capital, Reykjavík, há uma série de hotéis. As áreas de camping também são abundantes. Existem opções para todos os públicos", confirma o CEO da Travely Operadora de Turismo, Renan Tavares.

Para quem adora turismo cultural, principalmente relacionado aos povos nórdicos e às sagas medievais, a Islândia é a grande pedida. Outro destaque fica por conta da sua segurança: o país foi considerado o mais pacífico do planeta pelo Institute for Economics and Peace, devido às suas taxas mínimas de violência.

Serviço:

Travely Operadora de Turismo

www.travely.com.br

0800 649 1111

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu