Coluna LBV

Sentido da Solidariedade

Sentido da Solidariedade   Paiva Netto   A Solidariedade anima o ser humano. Alguns pensam que seja uma coisa abstrata. Não é. Você de repente está muito bem de vida, daqui a pouco não está […]

Coluna LBV

Reflexão de Boa Vontade

Reflexão de Boa Vontade Erigir um Império de Boa Vontade   Paiva Netto   A Caridade, na sua expressão mais profunda, deveria ser um dos principais estatutos da Política, porque não se restringe ao simples […]

Coluna LBV

Protótipo de um mundo melhor

Protótipo de um mundo melhor   Paiva Netto   Ao assistirmos às cerimônias de abertura dos Jogos Olímpicos, enquanto desfilam, diante dos nossos olhos, centenas de nações representadas por seus mais destacados atletas, somos levados […]

Coluna LBV

Reflexão de Boa Vontade

Reflexão de Boa Vontade   Centro gravitacional  Paiva Netto   A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual, de […]

Coluna LBV

Compartilhar o pão (Final)

Compartilhar o pão (Final)   Paiva Netto   Vivemos um clima de renovação tecnológica jamais vista, mas também de ganância exacerbada. Todavia, os seres de Boa Vontade aguardam confiantes, como primícias do Senhor, tempos melhores. […]

Coluna LBV

Compartilhar o pão (I)

Compartilhar o pão (I)   Paiva Netto   A Legião da Boa Vontade, que surgiu no plano das formas sob a batuta do jornalista, radialista e poeta Alziro Zarur (1914-1979), sempre se fundamentou nas ações […]

Coluna LBV

Aplacar a tempestade

Aplacar a tempestade Paiva Netto   Diante das mais variadas situações, em que a dor e o sofrimento chegam, muitas vezes sem avisar, é imprescindível o gesto solidário das criaturas em prestar socorro material e […]

Coluna LBV

O suicídio não resolve …

O suicídio não resolve … Paiva Netto   Ensinava Alziro Zarur (1914-1979): “O suicídio não resolve as angústias de ninguém”. Estava com a razão o autor de Poemas da Era Atômica. Matar-se abala, por largo tempo, a existência […]