Artigos do escritor Paiva Netto – O forte sentido de Religiosidade

O forte sentido de Religiosidade

 

Paiva Netto

No terceiro volume das Diretrizes
Espirituais da Religião de Deus, do
Cristo e do Espírito Santo, Paiva Netto tocou em grave ferida da vida
humana na Terra, e que precisa ser reconhecida e tratada para evitar-se a
gangrena:
É dever da Religião, além de ensinar a existência do Espírito imortal,
efetivar os resultados práticos desse indispensável conhecimento na reforma do
mundo. O paraíso social só virá pelo progresso espiritual.
Eis o pragmatismo que, por força da Religião de Deus, do Cristo e do
Espírito Santo, o Brasil, à luz do Novo Mandamento do Cristo, oferece à
Humanidade, pois tais noções amadurecerão a consciência dos povos para a
realidade espiritual de que ninguém pode fugir. Não se pode impunemente impedir
a manifestação daquilo que nasce com o homem, mesmo quando ateu: o sentido de
religiosidade que se expressa das mais variadas formas. Trata-se de
determinismo histórico e, acima de tudo, Determinismo Divino. Antes que
fatalmente a Ciência conclua, em laboratório. Sobre a perenidade da vida,
cumpre à Religião não só falar com maior objetividade sobre a existência do
Espírito após a morte, mas também pesquisar o mundo ainda invisível. Enquanto
aos olhos exigentes do homem moderno as religiões, o mais das vezes, lhe têm
oferecido uma incerteza espiritual, pejada de mistérios — daí o medo do futuro
—, o materialismo, firmado nos sentidos físicos, apresenta ao mundo uma
“realidade”, que considera palpável, das suas convicções. Isso tem arrastado os
homens à sofreguidão pelo gozo das coisas materiais: “Vamos aproveitar agora, porque não sabemos o que vem depois… se é
que existe alguma coisa depois…”,
ouve-se a cada esquina (quando não por
palavras, por atos que expressam esse exato sentido).
Daí o delírio e a violência crescentes a não respeitar mais nada (…).
José de
Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui