Plante Seu Futuro garante aplicação correta de defensivos agrícolas em 200 propriedades rurais do Paraná

Entre os dias 23 de novembro e 10 de dezembro, serão realizadas 14 eventos de campo da campanha Plante Seu Futuro, que tem como proposta a capacitação de profissionais e produtores rurais do Paraná em boas práticas agrícolas que assegurem baixa emissão de carbono e a racionalização no uso de insumos. A novidade para a safra 2015/2016 é que a tecnologia de aplicação de defensivos agrícolas estará entre as temáticas abordadas no programa e a Iniciativa 2,4-D, grupo formado pelas empresas Adama, Atanor, Dow AgroSciences e Nufarm para gerar informação técnica sobre o uso correto e seguro de defensivos agrícolas, iniciou uma parceria nesta área junto ao Instituto Paraense de Assistência Técnica e Extensão Rural  (Emater), a Universidade Estadual do Norte do Paraná e a Jacto, empresa de maquinário para a pulverização de defensivos agrícolas.  “A Iniciativa 2,4-D está comprometida em incentivar a adoção de boas práticas agrícolas, contribuindo para uma agricultura cada vez mais sustentável. As mudanças definitivas que serão implementadas nas unidades de referência com o objetivo de garantir que as aplicações de defensivos agrícolas sejam realizadas de forma correta e segura representarão um grande avanço na agricultura no Estado do Paraná”, declara Ana Cristina Pinheiro, coordenadora da Iniciativa 2,4-D.

 

Chamados de Giros Técnicos da campanha Plante seu Futuro, os encontros envolvem produtores de 200 propriedades rurais em todas as macrorregiões do Estado. Serão feitas discussões  sobre a os manejos integrados de pragas e doenças e a qualidade da aplicação em cada região. A partir do diagnóstico das aplicações realizadas, técnicos da Emater efetivarão intervenções para aumentar a qualidade e a segurança da tecnologia de aplicação. “Nosso objetivo é garantir deriva zero em todas as unidades de referência. Para isso, faremos a adequação nesta safra de até 100 pulverizadores, incluindo novas pontas de pulverização e troca de manômetros, entre outras ações. A intenção é comprovar a possibilidade de promover uma aplicação de qualidade e fazer com que o modelo seja replicado em todas as propriedades paranaenses”, informa Nelson Harger, coordenador da campanha Plante Seu Futuro na área de manejos integrados de pragas e de doenças e coordenador de grãos da Emater. Nos eventos, os produtores presentes receberão instruções sobre o protocolo de tecnologia de aplicação que deve ser seguido nas unidades de referência.

 

Além dos benefícios ambientais, as adequações propostas pelo Plante Seu Futuro representam economia para o produtor. Segundo Harger, foi possível conseguir uma economia média de três sacas de soja por hectare tendo como exemplo o manejo integrado de pragas nas unidades de referência, em comparação com o que tem sido praticado pelos agricultores no Paraná. A campanha Plante seu Futuro tem em seu Comitê Gestor a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná (Seab), a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Paraná, o sistema Ocepar, da Organização das Cooperativas do Paraná, a Itaipu Binacional, o Instituto Agronômico do Paraná, as Centrais de Abastecimento do Paraná (Ceasa), a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), a Federação da Agricultura do Estado do Paraná, o Emater e a Embrapa.

 

Programação dos Giros Técnicos

23/11 – Ângulo (Manhã) e Floresta (tarde).
30/11 – Peabiru (tarde).
01/12 – Toledo (manhã) e Vera Cruz do Oeste (tarde).
02/12 – Francisco Beltrão (manhã) e Itapejara do Oeste (tarde).
03/12 – Guamiranga (tarde)  .
04/12 – Antônio Olinto (manhã – a confirmar).
08/12 – Arapongas (tarde).
09/12 – Cambé (tarde).
10/12 – Sarandi (manhã) e Maringá (tarde).
11/12 – Santa Mariana (tarde).

Obs: Guamiranga envolve as regiões de Irati, Ponta Grossa e  Guarapuava.
Arapongas – as regiões de Apucarana e Ivaiporã.
Antonio Olinto – as regiões de União da Vitória e Curitiba.
Santa Mariana – as regiões de Cornélio e Santo Antônio da Platina.
Floresta – parte da região de Maringá e Cianorte.

 

Sobre a Iniciativa 2,4-D

A Iniciativa 2,4-D é um grupo formado por representantes das empresas Adama, Atanor, Dow AgroSciences e Nufarm, que, com apoio acadêmico, tem como propósito gerar informação técnica sobre o uso correto e seguro de defensivos agrícolas, além de apoiar projetos que abordem esta questão, como o Projeto “Acerte o Alvo – evite a deriva na aplicação de agrotóxicos”, realizado no Paraná. O foco é educar o produtor sobre a importância da utilização correta de tecnologias que garantam a qualidade da aplicação dos defensivos agrícolas. O grupo defende que o uso adequado das tecnologias de aplicação e a precaução para evitar a deriva são essenciais para garantir a eficácia e a segurança ambiental na utilização de defensivos agrícolas.

Visite: www.iniciativa24d.com.br

<mariana@mla.com.br>

Plante_seu_futuro

 

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui