LBV contribui com debate sobre crise migratória na ONU

0
7

LBV contribui com debate sobre crise migratória na ONU

 

Segundo relatório da Agência das Nações Unidas sobre Refugiados, mais de 60 milhões de pessoas estão deslocadas atualmente de seus países de origem devido a crises como conflitos armados, perseguições e catástrofes naturais. Um número recorde que supera até mesmo o período da Segunda Guerra Mundial.

 

Para debater esse tema em toda a sua abrangência e repensar o desenvolvimento social no mundo contemporâneo, organizações de todos os continentes se reunirão na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, durante a 54ª sessão da Comissão da ONU para o Desenvolvimento Social, de 3 a 12 de fevereiro. Integra a programação oficial um painel temático sobre “Educação para a inclusão sustentável de populações deslocadas”, no próximo dia 11, coorganizado pela Legião da Boa Vontade (LBV) e pelo Comitê de ONGs para Educação.

 

A LBV representará a América Latina no painel, contribuindo com a experiência da Instituição com o fenômeno migratório. O objetivo é cooperar com países e organizações que lidam com grandes deslocamentos populacionais em outras partes (refugiados de guerras, fomes, problemas climáticos, ondas de imigração etc.).

 

Vale ressaltar que, há mais de 20 anos, a Legião da Boa Vontade tem atuado em parceria com a ONU. Em 1994, associou-se ao Departamento de Informação Pública e, em 1999, foi a primeira instituição da sociedade civil brasileira a obter o status consultivo geral (grau máximo) no Conselho Econômico e Social (Ecosoc).

 

As informações sobre a participação da LBV na 54ª sessão da Comissão da ONU para o Desenvolvimento Social podem ser acompanhadas pelo site www.boavontade.com

 

Deixe uma resposta