Ambev está nas ruas em mutirão nacional para virar o jogo contra o Zika

Mais de 32 mil pessoas que trabalham nas 34 fábricas e mais de cem centros de distribuição da cervejaria no país visitam casas, bares, restaurantes e estabelecimentos comerciais com uma única mensagem: acabar com o Zika

Ambev promove neste momento uma mobilização nacional pelo combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor dos vírus da Zika, Dengue e Chikungunya. Em São Paulo, mutirão ocorre nas regiões da Mooca e de Pinheiros. Ação faz parte de uma ampla campanha da empresa, que tem como mote a hashtag #naoficoparado. Os mais de 32 mil funcionários, que trabalham nas 34 fábricas e mais de cem centros de distribuição da cervejaria pelo país, estão envolvidos na ação. Durante o dia, eles visitarão casas, bares, restaurantes e outros estabelecimentos comerciais para entregar à população mais de dois milhões de folhetos, além de cartazes educativos.

“Essa ação é um retrato de como unimos as pessoas por um mundo melhor”, afirma Pedro Mariani, vice-presidente Jurídico e de Relações Corporativas da Ambev. “O maior objetivo é alertar para que todos façam a diferença tomando ações simples e eficazes para combater o Zika. Só não pode ficar parado. Afinal, quanto mais gente participar, mais rápido é possível virar o jogo contra o mosquito”, explica.

Para aumentar ainda mais o engajamento de seus funcionários, a Ambev lançou o “Incentivo Não Fico Parado”. Todas as suas fábricas, centros de distribuição e de excelência terão que realizar uma série de tarefas para combater o Zika e registrá-las em um aplicativo especialmente criado para computá-las. A unidade que realizar o melhor trabalho e acumular mais pontos será reconhecida com troféu e prêmios. Além disso, para garantir que todas as nossas unidades se mantenham livres do mosquito, estão sendo realizadas auditorias semanais.

Nas redes sociais, a campanha da Ambev também vem ganhando força com o apoio de personalidades como Sabrina Sato, Preta Gil, Ticiane Pinheiro, Aviões do Forró, entre outras celebridades. Com posts informativos no Instagram e no Facebook, eles mostram o que pode ser feito para eliminar focos do mosquito transmissor do Zika vírus. Além disso, eles estão desafiando outros famosos a fazerem o mesmo, divulgando a hashtag #naoficoparado.

A movimentação é grande também dentro dos gramados. Pelos campeonatos estaduais, no último sábado, São Paulo FC (SP), Cruzeiro (MG), Remo (PA) e Náutico (PE) entraram em campo carregando faixas com mensagens de combate ao mosquito Aedes aegypti. Já no domingo foi a vez de Flamengo (RJ), Botafogo (RJ), Vasco (RJ), Internacional (RS) e Vitória (BA) se engajarem.

Durante o mês de fevereiro, a Ambev distribuiu 150 mil cartazes e 200 mil flyers educativos do Ministério da Saúde. Uma rede de 60 cooperativas de catadores de materiais recicláveis e 22 organizações não governamentais, parceiros da empresa em projetos socioambientais, já foi convidada a compartilhá-lo. Outros 20 grupos do programa de voluntariado da companhia estão engajados em disseminar informações em diversas cidades do Brasil.

As peças de conscientização produzidas pela cervejaria estão disponíveis para download no site www.ambev.com.br.

 

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui