Coceira aflige ao menos 40% dos cães que vão ao veterinário

Grande parte das razões que levam proprietários de cachorros a procurar um veterinário, está relacionada à coceira – tecnicamente chamada de prurido. O índice chega a 40%, segundo levantamento inédito realizado pela Zoetis com 400 veterinários de pets no Brasil (veja infográfico anexo).

O estudo revelou que quando o tutor chega ao consultório, a principal queixa em relação à coceira é que o incômodo constante compromete não só a qualidade de vida do animal, mas também a do proprietário, chegando a alterar a rotina de uma casa. A segunda motivação é o surgimento de feridas na pele, causadas pelo ato de o animal se coçar.

“O proprietário traz hoje um ‘filho de pelos’ ao consultório. Enquanto, antigamente, ele trazia o cachorro do quintal que tinha uma ferida grande, que tinha uma área extensa sem pelos, agora ele traz o animal que se coça à noite, dorme com ele na cama e atrapalha seu sono”, explica Regina Ramadinha, dermatologista parceira da Zoetis.

Para 63% dos clínicos gerais que responderam à pesquisa, a cada dez atendimentos realizados, entre 3 a 5 são relacionados à dermatologia. Outros 25% revelaram números ainda maiores: entre 5 a 8 atendimentos ocorreram devido a problemas de pele nos cães.

“A dermatologia figura entre as principais especialidades dentro de uma rotina clínica veterinária, seja em consultório particular ou hospital”, explica o dermatologista Ronaldo Lucas, fundador da primeira clínica especializada em dermatologia veterinária na capital paulista.

Com isso, não é surpreendente que 85% dos veterinários tenham notado um aumento no número de tutores em busca de especialistas em doenças de pele. Particularmente no Brasil, muitos tutores veem os animais como membros da família e, por isso, têm buscado cada vez mais informações e atendimento especializado. Assim como nos humanos, a coceira nos cães – seja com as garras, mordedura ou lambedura principalmente das patas – é um fenômeno muito aflitivo para todos os moradores do lar.

Para 75% dos dermatologistas, a coceira foi o principal sintoma de pelo menos um a cada dois pets atendidos no consultório.

 

Terapia inovadora

Em busca constante pelo bem-estar dos animais, a Zoetis traz para o mercado brasileiro o Apoquel, uma terapia inovadora indicada para o tratamento da coceira associado às dermatites alérgicas caninas, incluindo a dermatite atópica, uma doença crônica.

A chegada do Apoquel no Brasil é resposta aos anseios de veterinários e proprietários, tendo em vista seus benefícios: efeito rápido – início do alívio em até 4 horas – e ampla utilização para diversos tipos de alergias: as alimentares; as causadas por ectoparasitas, como pulgas; e a dermatite atópica, que é incurável e ocorre quando o animal é alérgico a substâncias presentes no ambiente, como ácaros, pólen, bolores etc. Apoquel é recomendado para cães com mais de doze meses de idade.

Outro diferencial do Apoquel é a segurança no uso prolongado, pois tem a eficácia e a rapidez de ação dos corticoides, porém sem causar os efeitos colaterais desta categoria de medicamentos. Utilizados como uma das poucas opções para o tratamento da coceira até o surgimento do Apoquel, os corticoides podem trazer muito prejuízo à saúde dos animais. Em curto prazo, os cães ficam com a respiração ofegante, urinam demais, têm sede e fome excessivas. Em longo prazo, podem sofrer de pancreatite, diabetes, perda de massa muscular, aumento de peso e infecções, entre outras complicações.

“A Zoetis combina sua presença global com elevados investimentos em pesquisa para trazer as mais modernas soluções e produtos do mundo para o Brasil. Com o Apoquel, vamos preencher uma lacuna existente no tratamento das doenças dermatológicas associadas ao prurido, já que o Apoquel é diferente de todas as opções disponíveis no mercado”, reforça Marcela Tocchet, Gerente de Produto da unidade de Animais de Companhia da Zoetis. “Apoquel permitirá ao veterinário propiciar um alívio imediato da coceira, enquanto se busca um diagnóstico mais preciso para a sua causa, e com a consciência tranquila de que o cão não sofrerá efeitos colaterais”.

O produto tem um mecanismo de ação único e inovador, uma vez que visa às vias específicas de inflamação e prurido, o que o torna diferente dos corticoides do mercado. Também pode ser utilizado com outras medicações e permite diagnosticar a causa de base da coceira sem interferir no resultado de certos exames para alergia.

“A chegada do Apoquel no Brasil é uma revolução no tratamento da alergia e coloca o País no lugar que tem de estar, entre os primeiros do mundo”, afirma Ronaldo Lucas.

 

Dosagem

Apoquel é apresentado em comprimidos. Deve ser administrado oralmente, a cada 12 horas durante 14 dias. Após este período, deverá ser utilizado a cada 24 horas para manutenção. É fundamental, porém, que o proprietário leve o animal ao veterinário para realização do diagnóstico da causa da coceira e demais medidas de tratamento pertinentes.

Para mais informações, assista a vídeos de profissionais especializados em dermatologia veterinária:

 

 

Sobre a Zoetis

Zoetis é uma companhia global líder em saúde animal, dedicada a apoiar os clientes e seus respectivos negócios. Com um legado de 60 anos de história, a Zoetis descobre, desenvolve, fabrica e comercializa medicamentos e vacinas de qualidade, além de oferecer uma linha de produtos para diagnósticos e testes genéticos, somados a uma série de serviços. A Zoetis trabalha continuamente com veterinários, produtores e pessoas que criam e cuidam de animais em mais de 100 países. Em 2015, a empresa obteve faturamento de 4,8 bilhões de dólares com cerca de 9 mil funcionários. Para mais informações, acesse zoetis.com.br.

unnamed (5)

<gilson.andrade@hdpr.com.br>

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui