Setor gráfico paranaense bate recorde de prêmios em evento nacional

O Paraná bateu o recorde de troféus ganhos na maior premiação brasileira do setor gráfico, o Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini, entregue em São Paulo, no último dia 22. Foram 14 troféus, recebidos por oito gráficas Ótima (4), Posigraf (2), Malires (2), Flink Print (2), Catuaí Print (1), Belton (1), Corgraf (1) e Hellograf (1).

Em sua 26.ª edição, o Prêmio de Excelência Gráfica Fernando Pini consagra os melhores trabalhos gráficos produzidos em 18 categorias, como embalagens, folhetos, cadernos, rótulos, livros, cartões de visitas, catálogos, displays, entre outras. No total, foram 65 gráficas vencedoras.

Criado em 1991, a premiação é realizada pela Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf Nacional) e pela Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica (ABTG). “É o prêmio mais reconhecido de nossa indústria gráfica e o maior da América Latina. São reconhecidos os trabalhos que se destacam pela inovação, comunicação e solução para os clientes. Este ano, contamos com 1.500 pessoas presentes, representando as 21 mil gráficas do Brasil, os 210 mil trabalhadores e 40 mil empresários”, enfatizou Levi Ceregato, presidente da Abigraf.

Para a diretora de Comunicação da Ótima, Fernanda Farias, os quatro troféus indicam que a empresa está no caminho certo na busca por diferenciação. “Investimentos muito em acabamento com alto valor agregado para que os produtos se destaquem. Isso tem feito a diferença para nossos clientes e os quatros prêmios mostram isso”.

Douglas Prata, do Marketing da Malires, avalia que a dedicação da empresa aos projetos dos clientes foi um dos motivos dos dois prêmios. “Muitas vezes o cliente tem ideia, mas não tem o conhecimento técnico para desenvolvê-la. Nos produtos com os quais ganhamos o Pini, ajudamos os clientes a aplicarem alguns conceitos gráficos que eles não teriam pensado em relação à usabilidade do produto”.

O presidente do Sigep (Sindicato das Indústrias Gráficas do Estado do Paraná), Abilio Santana, esteve na solenidade de entrega do Fernando Pini, junto com o presidente da Abigraf-PR (Associação Brasileira da Indústria Gráfica – Abigraf Regional Parana), Jair Leite. Santana voltou para casa carregando o troféu ganho por sua empresa, a Hellograf.  “É uma premiação importante e ganhamos usando nossa tecnologia e inovação. Isso mostra que as empresas que investem em máquinas e em pessoas sempre estarão na frente dos concorrentes”.