Vai começar o outono: previna-se das doenças da estação

Já estamos em março, e os dias com temperaturas mais amenas em Curitiba anunciam o fim do verão. É que na próxima semana começa o outono, estação com umidade do ar reduzida que traz algumas preocupações para a saúde. Segundo o otorrinolaringologista Neilor Fanckin Bueno Mendes, da Otorrinos Curitiba, é nessa estação que os casos de rinite alérgica, rinossinusite viral e bacteriana, asma e pneumonia têm aumento significativo.

“No outono temos a queda da temperatura e a baixa umidade do ar que causam aumento da poluição, além de facilitarem a proliferação dos vírus e bactérias. Outro ponto que devemos lembrar é que em temperaturas mais baixas as pessoas se concentram mais em locais fechados, facilitando a transmissão dos vírus”, explicou Mendes.

De olho no ar-condicionado

Se você é daqueles que não dispensa um ar-condicionado, é bom ficar alerta: o uso constante do aparelho pode causar sintomas como obstrução nasal e secreção constante, além de facilitar os processos de infecção da cavidade nasal, como a rinossinusite.

Manter os ambientes limpos e arejados ainda é uma das melhores maneiras de prevenir as doenças respiratórias. Um ambiente bem ventilado, além de dispersar os vírus e bactérias, previne o acúmulo de agentes causadores de doenças alérgicas, como poeira e fungos. Mas caso seja necessário o uso do ar-condicionado, é importante manter a higienização dele em dia”, lembrou o especialista.

Outono sem doenças

Para quem quiser aproveitar a nova estação sem preocupações, o doutor Neilor listou três dicas fundamentais para ficar longe de bactérias e fungos, além de evitar doenças indesejáveis:

1 – Embora seja uma dica essencial para qualquer estação, é importante lembrar: lave sempre as mãos. É uma medida já comprovada, extremamente efetiva e de fácil aplicação.

2 – Sempre que possível, evite permanecer em ambientes fechados por muito tempo. Quando estiver em casa, mantenha-a arejada o máximo possível, principalmente em dias de sol.

3 – Opte por uma alimentação saudável e beba bastante água. Se associadas à prática de atividade física, terão impacto positivo na imunidade.

 

Diretor Técnico: Dr. Ian Selonke CRM-PR 19141 | Otorrinolaringologia

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Assine a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui