Duratex apresenta receita líquida de R$ 952 milhões no primeiro trimestre de 2017

0
96

Divisão Deca teve destaque com aumento de volume e de rentabilidade no período

 A Duratex anuncia os resultados financeiros do primeiro trimestre de 2017 (1T17). A empresa apresenta melhora da performance no comparativo com o mesmo período do ano anterior, consequência dos primeiros sinais de retomada da economia e das ações internas focadas em eficiência e gestão de custos. No 1T17, a Duratex teve receita líquida de R$ 952 milhões, montante 5,6% superior ao registrado no mesmo período de 2016. Já a margem EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de 15,6%.

“Notamos que os índices de confiança estão melhores e que há uma expectativa positiva de acelerar a retomada no segundo semestre”, afirma o presidente da Duratex, Antonio Joaquim de Oliveira.

Durante o primeiro trimestre, a Duratex investiu R$ 43,9 milhões destinados à manutenção das fábricas e R$ 54,5 milhões utilizados para atividades de reflorestamento, somando R$ 98,4 milhões.

Entre as prioridades de 2017 estão o foco na Agenda Interna, reforçando as iniciativas do Sistema de Gestão Duratex (SGD), que inclui redução de custos fixos, o Orçamento Base Zero (OBZ), redução dos custos variáveis e racionalização do Capital de Giro. A empresa também está colocando em operação um novo processo que tornará o planejamento de produção mais aderente à demanda, o S&OP (Sales and Operations Planning), trazendo melhorias na gestão de estoque, no atendimento aos clientes e na produtividade industrial.

Além dos resultados conquistados por meio das iniciativas de melhoria de produtividade, a Duratex segue com a jornada de transformação cultural, iniciada em 2015. “Estamos certos de que, com todo o trabalho desenvolvido internamente, somado à retomada da economia, teremos uma empresa ainda mais forte para manter a liderança de mercado”, diz Oliveira.

Deixe uma resposta