Fim da CLT? Desemprego em massa? Confira o que muda de fato com a terceirização!

Recentemente as redes sociais foram inundadas com mensagens alarmistas envolvendo as mudanças no trabalho terceirizado. Apareceram “textões” sobre o fim da serventia da carteira de trabalho, publicações que previam o fim do controle de qualidade – pois o terceirizado não seguiria as regras da empresa e não estaria preocupado com o serviço oferecido – e por aí seguia.

Estas publicações geraram medo e insegurança por parte de diversos trabalhadores. Mas estariam os empregos via CLT ameaçados? As empresas farão mesmo estas demissões em todo o Brasil?    

Não é bem assim…

Para Clodoaldo Barbosa,  executivo da Nossa Gestão de Pessoas e Serviços, quem fala sobre fim de empregos via CLT está considerando que todos os trabalhadores se transformarão em empresa –  ou a chamada pejotização, em que a CLT realmente não tem como regular. No entanto, esta realidade hipotética está longe de acontecer aqui no Brasil por diversos motivos:

“O primeiro detalhe é que o nosso país não está preparado para esta mudança. Não há condições de todos virarem empresários e abrirem o seu próprio negócio, pois não há esta cultura em nosso país. O segundo detalhe é que nenhum empresário vai pegar o seu negócio bem sucedido e simplesmente fatiar. Ele não pode demitir todo mundo e recontratar de imediato pela questão do vínculo.” explica Clodoaldo.

Eu, eu mesmo e os terceirizados
Mas quem possui ou  pretende abrir uma empresa pode levar ao pé da letra esta mudança e ter apenas um funcionário – o próprio dono –  e terceirizar todo o resto? Pode sim, porém Clodoaldo não entende esta decisão como a mais acertada ainda mais em se tratando da atividade fim:

“Você colocaria o seu próprio negócio, que só funciona porque você como dono está cuidando diretamente, totalmente nas mãos de terceiros, e precisamente na área em que você é especialista? Automaticamente você estará distribuindo todo o seu conhecimento para terceiros. O que impede que este terceiro não vá abrir uma empresa igual para concorrer com o seu negócio, usando o mesmo conhecimento e a mesma técnica?”

Clodoaldo explica que os setores que não são o foco do negócio podem sim acabar terceirizados sem problema algum, pois neste caso está se colocando um especialista dentro da empresa. Hoje é possível terceirizar a logística para atender a demanda da companhia – e da mesma maneira poder contratar uma empresa que seja especialista em serviços gerais, área contábil ou gestão de pessoas, por exemplo:

“São atividades paralelas ao negócio e que tiram o foco principal. Se perde mais tempo nestas atividades paralelas do que trabalhando no core business.  Se é para terceirizar o ideal é focar no seu negócio e deixar que estas atividades paralelas sejam feitas por quem entende do assunto. A tendência do seu produto ser mais competitivo, tanto na qualidade quanto na imagem, é muito grande.”  

Sobre a Nossa
Criada em Curitiba no ano de 1993, a NOSSA se dedica em buscar soluções para contratação de pessoas para contratações efetivas, trabalhos temporários e terceirização de pessoal. Os profissionais são especializados em definir as melhores estratégias, de acordo com as necessidades da empresa-cliente. O leque de serviços abrange todo o processo de recrutamento, seleção, orientação e contratação de profissionais para trabalhos permanentes e temporários. Além disso, desenvolve projetos especiais. A NOSSA cuida do recrutamento, de todo o processo legal das contratações e também do gerenciamento das equipes.

Sobre a KAKOI Comunicação
A KAKOI Comunicação é uma empresa cujo objetivo de proporcionar aos clientes os melhores resultados com ações simples, porém focadas em nosso compromisso de abranger qualidade X resultado. A kakoi conta com equipe especializada em diferentes áreas para garantir a pluralidade dos projetos abrangendo a maior frente possível de comunicação.


Fonte: KAKOI Comunicação

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Assine a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui