Botox é alternativa paliativa para o suor excessivo

1
43

A toxina botulínica, conhecida por Botox, bloqueia o estímulo do suor junto às glândulas e PODE melhora o sintoma da hiperidrose localizada, ajudando a diminuir o desconforto com o suor excessivo pelo período de seis a oito meses. O Botox é injetado no próprio consultório e seu efeito pode ser notado a partir de 72 duas horas da aplicação. É preciso um intervalo de seis meses entre cada aplicação. O cirurgião torácico Marcos Chesi explica que a toxina botulínica é injetada nas mãos e na região axilar. Cada paciente deve ser individualizado para seu tratamento.

As pessoas que apresentam a produção excessiva de suor – que corresponde a aproximadamente 2 a 4 % da população brasileira – podem sofrer com situações constrangedoras causadas por essa falta de controle na eliminação da sudorese, que muitas vezes acontece sem causa aparente. “O suor pode se intensificar em situações de stress ”, observa Chesi.

Hiperidrose

A hiperidrose é uma condição médica em que a pessoa sua excessivamente e de forma imprevisível. Pessoas com hiperidrose podem suar mesmo quando a temperatura está baixa ou em descanso. O suor incontrolável pode levar à sensação de desconforto significativo, tanto físico como emocional.

O suor excessivo pode ao correr com frequência em uma família, apesar de não ser uma alteração genética e  é causada também por doenças como o hipertiroidismo, câncer, condições associadas à ansiedade, distúrbio de controle de glicose, doença cardíaca, menopausa, lesão da medula espinhal, medicamentos, entre outros.

 

 

Comments are closed.