Walter Firmo: o mago da fotografia em cores conta ao “No Olhar” sobre o prazer de fotografar em trajetos inesperados

Foto: Walter Firmo

A websérie No OIhar traz em entrevista o fotógrafo carioca Walter Firmo, que mostra seu bom humor ao nos contar que a paixão pela fotografia surgiu com um livro sobre revelação, na biblioteca da escola. “Me senti um bruxo, eu queria brincar com essa mágica!”, diverte-se. Hoje, é reconhecido como um dos primeiros fotógrafos a trabalhar com cores. Ao longo dessa trajetória, conquistou vários títulos como o Prêmio Esso, em 1963, pela série de cinco reportagens “Cem dias na Amazônia de ninguém”. Além de vários livros publicados também teve reconhecimento internacional.

Foto: Walter Firmo

Para ele, a fotografia é uma grande escola e uma espécie de terapia. Ele acredita que a melhor forma de se desvincular dos problemas é pendurando a câmera no pescoço e sair sem destino para fotografar. “Gosto de analisar as pessoas, talvez, se tivesse tempo estudaria de novo e trabalharia nas linhas freudianas. Eu gosto de olhar as pessoas assim e tentar fazer um perfil”, explica.

Foto: Walter Firmo

Walter sempre leva sua câmera, pois em qualquer momento pode aproveitar e se alimentar de alguma novidade. Esse costume desperta o prazer de descobrir coisas novas no trajeto inesperado. E salienta que para ser um bom fotógrafo, é necessário estar atento às notícias do mundo todo. “Não basta apenas a sensibilidade, mas é importantíssimo saber o que acontece agora na África, nos Estados Unidos, no nosso continente Sul americano. Isso servirá para que você possa colocar seu jargão através de uma máquina fotográfica, mostrar um pouco da sua informação, da sua cultura e relação naquilo que você está fotografando”, conclui.

Foto: Walter Firmo

O fotógrafo cita a importância da fotografia digital e seu mundo moderno, mas não descarta o propósito da leitura feita pelo olhar. Ele acredita na ideia de que essas tecnologias vieram para mudar muitas coisas no processo de identificação desses novos hábitos. “A máquina digital não melhorou meu olhar, mas melhorou tecnicamente a minha busca. Agora tem uma coisa que não desqualifica nem uma nem outra, porque são máquinas. Você tem que usar a sua inteligência, a perspicácia humana do seu olhar. Isso, a máquina jamais vai fazer por você”, conclui Firmo.

Foto: Walter Firmo

Sobre o projeto:No Olhar é uma websérie que exibe toda semana episódios com os principais fotógrafos e fotógrafas do Brasil. O projeto está em sua segunda temporada e tem apoio da Secretaria da Cultura de Estado do Paraná e Companhia de Energia Elétrica (Copel). As entrevistas têm o desafio de revelar ao expectador uma leitura mais apurada da fotografia e sua linguagem, além de contar de maneira intimista sobre as influências e histórias de vida desses profissionais. Os vídeos com duração de nove a 12 minutos são lançados todas as segundas-feiras no canal do youtube.com/noolhartv.

Foto: Walter Firmo

De acordo com o diretor da websérie, Tiago Ferraz, a ideia de produzir o No Olhar surgiu da necessidade de encontrar informações sobre fotógrafos brasileiros compiladas em formato documental. “Hoje encontramos muitos tutoriais técnicos, mas ainda existe uma carência em conteúdo sobre linguagem fotográfica e sobre a trajetória dos fotógrafos.  Durante a produção da primeira temporada, percebemos que este projeto ia além de um simples registro e o que tínhamos em mãos era um acervo da memória da fotografia brasileira dos últimos anos”, complementa.

Foto: Walter Firmo

A busca pelo lado humanista dos entrevistados também aparece na contrapartida do projeto. Mais de 100 crianças da rede pública de ensino tiveram a oportunidade de aprender um pouco sobre fotografia, se deixando encantar pela arte, assim como relatou Walter Carvalho, no primeiro episódio. “Essa iniciativa é muito gratificante, pois promove a descoberta de novos talentos nas áreas menos favorecidas da sociedade”, acrescenta Ferraz.

Foto: Walter Firmo

Assista aos vídeos disponíveis desta temporada
1º Episódio – Walter Carvalho
2º Episódio –  Simonetta Persichetti
3º Episódio –  Tiago Santana
4º Episódio – Ana Carolina Fernandes
5º Episódio – Antonio Guerreiro
6º Episódio – Anna Kahn
7º Episódio – Kazuo Okubo
8º Episódio – Custódio Coimbra
9º Episódio – Bruno Veiga
10º Episódio – Milton Guran
11º Episódio – Rogério Assis
12º Episódio – Flávio Damm
13º Episódio – Marcia Charnizon
14º Episódio – Luiz Garrido
15º Episódio – Paulo Marcos
16º Episódio – Nana Moraes
17º Episódio – Walter Firmo

Foto: Walter Firmo

Confira em ordem alfabética os fotógrafos e fotógrafas que fazem parte desta temporada, lembrando que toda segunda-feira um novo episódio será exibido:

Arthur Omar (MG)
Cesar Barreto (RJ)
Dario de Dominicis (radicado no RJ)
Joaquin Paiva (ES)
Kitty Paranaguá (RJ)
Marcos Bonisson (RJ)
Pedro Vasquez (RJ)

Foto: Walter Firmo

Talvez você se interesse por estes artigos

Também têm estreias no Cineplex Batel e comédia no Teatro Fernanda Montenegro Nesta sexta-feira, 22 de fevereiro, o Shopping Novo Batel recebe o primeiro Vegmundi...
Fechar Menu
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com