Alunos 50+ vão à histórica Lapa aprimorar o inglês

0
6

Alunos da Tea Time no tour pela Lapa

Foto: Divulgação

A Tea Time, escola de inglês para maiores de 50 anos, de Curitiba, levou grupo de vinte alunos até a cidade da Lapa para uma viagem cultural em inglês

As chamadas field trips, viagens curtas que tiram os estudantes do ambiente da sala de aula e levam a uma experiência em campo, acontecem a cada seis meses na Tea Time Inglês para Maiores de 50. Em maio, o destino foi a Lapa, município da Região Metropolitana, distante 62 quilômetros de Curitiba.

O programa sempre acontece em locais próximos de Curitiba, com parceria de agências especializadas acompanhados de guia registrado pelo Ministério do Turismo. São momentos de imersão para que os alunos compreendam e se façam compreender no idioma, independentemente do nível em que estão.

A Lapa é uma das mais relevantes cidades do Paraná em função de sua importância histórica. O município foi ponto de parada dos tropeiros que seguiam para o Sul de São Paulo, nos séculos 18 e 19, daí sua tradição em bem receber quem vem de fora. Além disso, o famoso Cerco da Lapa – grande batalha entre tropas revolucionárias rio-grandenses e forças republicanas – episódio considerado um dos mais importantes acontecimentos militares, dentro das revoluções latino-americanas, contribuiu para a consolidação da República no Brasil.

Toda esta história recheada de informações, registros e passagens curiosas foi apresentada aos alunos numa visita guiada traduzida em inglês. A equipe de professores da escola que acompanha as pequenas viagens é especialmente treinada e fala em inglês durante todo o tempo, além de estimular a interação do grupo no idioma estrangeiro.

Mesmo com os guias falando em português, as professoras traduzem simultaneamente a conversa para o inglês. “Isso nos faz pensar em inglês e perceber a construção das frases e facilita o aprendizado do vocabulário”, disse Ayrton de Andrade Jr, aluno da Tea Time que participa das field trips. Para ele, as atividades são prazerosas, divertidas, educativas e ajudam no entendimento do idioma.

A metodologia da escola foi desenvolvida para o público maduro, que busca formas de se comunicar em viagens para fora do país e no dia a dia. As avaliações são diferenciadas, dispensa provas e privilegia as capacidades individuais.

Professores e alunos de inglês

Foto: Divulgação

 

Comments are closed.