Body lifting elimina o excesso de pele e gordura

Sempre existe aquela gordurinha que parece que nunca vai desaparecer, não importa o quão saudável seja a sua alimentação ou o quanto você pratique exercícios. Em casos como estes, muitas pessoas recorrem à cirurgia de contorno corporal, também conhecida como body lifting. O procedimento remove a flacidez e contornos irregulares do corpo, melhorando a forma e o tônus do tecido que sustenta a gordura.

A região abdominal é uma das áreas onde o procedimento é mais realizado. “Há muita demanda por parte de pessoas que foram submetidas à cirurgia bariátrica e que tem que retirar o excesso de pele deixado pela operação, assim como mulheres após a gravidez ou pessoas que realizam o procedimento apenas por estética”, comenta o cirurgião plástico e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Tiago André Ribeiro. Além do abdômen, o body lifting pode ser realizado ainda na parte na parte inferior das costas, glúteos, virilhas e coxas, tanto na parte externa e interna, como posterior.

De acordo com o Tiago André Ribeiro, são vários os fatores que contribuem para a sobra de pele no corpo. O envelhecimento, a frequente exposição ao sol e até mesmo a genética são algumas deles. “A alternância significativa do peso também é um dos principais agentes que contribuem para reduzir a elasticidade do tecido cutâneo”, completa o médico.

Requisitos - Para realizar a cirurgia é necessário que o paciente preencha alguns requisitos. Por exemplo, a estabilidade de peso por, pelo menos, um ano consecutivo é essencial. “No caso dos indivíduos que passaram por uma cirurgia bariátrica só é possível realizar o procedimento se tiverem a liberação do seu cirurgião geral e devem esperar perder, ao menos, 40% do peso que tinham”, explica o cirurgião.

Para os fumantes, é fundamental que o hábito seja cessado pelos menos um mês antes da cirurgia e até o processo total de recuperação. “É que o tabagismo aumenta as chances de ocorrer complicações no período pós-operatório”, destaca o cirurgião plástico.

Gestantes que não tiveram complicações anestésicas durante o parto e que pararam de amamentar há pelo menos seis meses também estão aptas para a operação. “No geral, todos os pacientes devem receber um acompanhamento antes e após a cirurgia com nutricionista, endocrinologista e clínico geral. Em alguns casos, é necessário também apoio psicológico”, complementa Tiago Ribeiro.

Resultado - O resultado da cirurgia de contorno corporal é visível quase de imediato, porém seu efeito completo se dá entre um e dois anos após. Para contribuir com a boa estética é importante que o paciente controle o peso e tenha maiores cuidados com a pele, já que com o passar dos anos, o tecido pode perder sua fixidez.  Tiago Ribeiro ainda alerta para a importância da prática de atividades físicas regulares e alimentação adequada após a operação. “Uma dieta rica em fontes de energia, vitaminas e sais minerais contribuem para um melhor resultado”, conclui o cirurgião plástico.

Sobre Tiago Ribeiro

Tiago André Ribeiro graduo em Medicina pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e é cirurgião plástico especialista pelo Hospital Santa Marcelina, de São Paulo. É membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Também possui pós-graduação em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) e em Nutrologia Esportiva pela ABRAN/BWS. Atende nas cidades de Toledo e Marechal Cândido Rondon, no Paraná. Mais informações no site: www.clinicatiagoribeiro.com.br.

Talvez você se interesse por estes artigos

Depois de desembarcar nas praias cariocas dos anos 1950 com a coleção Verão 19, a Tufi Duek apresenta seu alto verão. O clima de resort...
Fechar Menu