Diagnósticos do Brasil lança três novas marcas

Gigante nacional das análises clínicas aposta na segmentação e inaugura laboratórios de análises anatomopatológicas e citopatológicas, toxicológicas e biologia molecular

Um dos maiores laboratórios de apoio do país, o Diagnósticos do Brasil, que atua em todas as áreas de análises clínicas, aposta na segmentação de mercado e lança três novas marcas em 2018: DB Toxicológico, DB Patologia e DB Molecular. Segundo o diretor comercial, Tobias Thabet Martins, os diferenciais das três unidades se baseiam nos pilares do grupo: foco em qualidade e gestão de pessoas, investimento constante em tecnologia e pesquisa, assessoria científica especializada para atendimento ao cliente e agilidade na entrega de resultados. "As unidades técnicas oferecem as vantagens da atuação como laboratórios de nicho, mas desfrutam da capilaridade do grupo, que conta hoje com 40 regionais de atendimento, distribuídas pelo país, além de uma estrutura logística que permite que os laboratórios recebam amostras de qualquer lugar do Brasil em menos de 24 horas", conta.

No início do segundo semestre, o grupo inaugura, em Sorocaba (SP), a nova sede do DB Patologia. Com uma área de aproximadamente 1.000 m2, a unidade passa a ter uma capacidade de realização de 200 mil exames por mês, nas áreas de anatomopatologia e citopatologia. Já o DB Toxicológico oferece diversos exames toxicológicos ocupacionais e tem como carro-chefe o exame de larga janela de detecção. Nos últimos meses, desenvolveu uma ferramenta de Educação à Distância (EAD), para treinamento dos laboratórios clientes, investiu em pessoal, qualidade de processos e atendimento ao cliente e, atualmente, já responde por 15% do volume de vendas de “exames do cabelo” do mercado brasileiro.

Especializado em biologia molecular, genética e citogenética, o DB Molecular também cresce a passos largos. Localizado em São Paulo (SP) e com uma infraestrutura atual apta a realizar aproximadamente 20 mil exames por mês, o laboratório inaugura, no segundo semestre deste ano, uma nova sede com aproximadamente 3.000 m2, que deve triplicar o quadro de colaboradores e aumentar a capacidade produtiva para 100 mil exames mensais.

Posicionamento

Segundo a gerente de marketing do grupo Diagnósticos do Brasil, Luciana Cardoso, o objetivo das novas marcas é deixar clara a especificidade dessas unidades de negócios e valorizar seus pontos positivos. “Embora as unidades técnicas contem com a infraestrutura logística e qualidade técnica do grupo, possuem gestão e diferenciais próprios dos seus serviços. Assim, foi fundamental investir no posicionamento de cada negócio para que cada marca se consolide com seus atributos”, revela.

As logomarcas foram desenvolvidas pela Getz Comunicação e, além de mostrar claramente o negócio de cada unidade, têm o propósito de apresentar a modernidade e tecnologia de ponta dos negócios. Para o DB Molecular, a agência inspirou-se nas cadeias de DNA para representar o expertise do negócio e fazer uma associação da exclusividade genética dos indivíduos com o diferencial de atendimento ao cliente. Também, subliminarmente a letra m é formada em referência à palavra molecular.

Para o DB Patologia, a agência associou o formato celular, visto a partir de um microscópio, para apresentar a agilidade e precisão da unidade técnica. Já as formas presentes na marca do DB Toxicológico fazem referência à representação das conexões entre compostos químicos para, de forma simples e direta, apresentar ao público os serviços diagnósticos prestados.

A estratégia de segmentação vem se mostrando bastante assertiva para o Diagnósticos do Brasil: no primeiro trimestre deste ano, o grupo atingiu a segunda colocação no mercado brasileiro em volume de exames realizados por laboratórios de apoio – mais de 5 milhões mensais - um resultado bastante ousado nesse segmento.

 

Sobre o Diagnósticos do Brasil

Fundado em 2011, o Diagnósticos do Brasil é o único laboratório exclusivamente de apoio no mercado brasileiro. Com foco no atendimento ao cliente, a empresa disponibiliza assessoria científica, integração com todos os softwares do setor e investimentos constantes em tecnologia e capital humano. Atua em todas as áreas de análises clínicas, como biologia molecular, citometria de fluxo, neonatologia, imunologia, microbiologia, análises instrumentais e toxicologia, colpacitologia oncótica, bioquímica, urianálise, citogenética, anatomia patológica, hemostasia, hematologia micologia, hormônios, marcadores tumorais e cardíacos, parasitologia, citopatologia, entre outros. Com capacidade atual para realizar mais de 7 milhões de exames por mês, possui mais de 8 mil m2 de área construída distribuídas entre os parques tecnológicos localizados em São José dos Pinhais (PR) e Sorocaba (SP) e as unidades DB Toxicológico, DB Molecular e DB Patologia. Ainda em 2018, com as ampliações das unidades e a nova sede em Recife (PE), o grupo aumenta sua capacidade para realizar 15 milhões de exames por mês, em uma área total de 20 mil m2. O investimento em processos automatizados, rigoroso controle de qualidade e monitoramento resultaram na conquista das principais certificações e acreditações do setor: Sistema de Acreditação Nacional DICQ, acreditação laboratorial PALC e ISO 9001:08.

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu