Franquias virtuais: crescimento do e-commerce impulsiona vendas online

Baixo custo de investimento traz retorno mais rápido ao franqueado

Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o e-commerce brasileiro registrou faturamento de mais de R$ 60 bilhões em 2017, ano em que alcançou 12% de crescimento. A previsão para 2018 é que o crescimento do e-commerce nacional seja maior que 15%, com volume de mais 220 milhões de pedidos e um faturamento de R$ 69 bilhões. Ainda segundo a ABComm, são as pequenas e médias lojas virtuais que representam a maior fatia no crescimento do comércio online brasileiro.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o faturamento do franchising chegou a R$ 38 bilhões, entre janeiro e março de 2018— crescimento de 5,1% em relação ao mesmo período do ano passado.

O engenheiro químico e administrador de empresas, Nylmar Diego Zacharias, de apenas 31 anos, trilhava uma carreira de sucesso em uma multinacional do ramo de cosméticos em Curitiba. Em 2016, decidiu jogar tudo para o ar e empreender: adepto ao mundo das academias, ele criou um e-commerce para venda de suplementos alimentares com várias marcas conhecidas mundialmente, montou um estoque pequeno e começou a vender. Na sociedade, também estava o engenheiro químico, Luiz Gustavo Guimarães, de 30 anos, que também largou a carreira em uma indústria do petróleo para se dedicar à empresa. Juntos, eles estudaram o negócio e adaptaram o modelo para a venda de franquias.

A Brasil Nutri Shop, rede de franquias de suplementos criada em 2017, vendeu no primeiro ano mais de 200 franquias, com faturamento de quase R$2 milhões de reais. Totalizando 285 franquias em março de 2018, a Brasil Nutri Shop está presente em 212 cidades e em janeiro chegou também a Manaus, no Amazonas. A empresa, que em 2016 contava apenas com o trabalho dos sócios, contratou mais de 10 pessoas, só no último ano. Hoje a equipe está com 22 pessoas, entre equipe de suporte, consultores, vendas, financeiro, logística e equipe de controle de estoque.

O modelo de negócio oferecido é completo: para abrir uma franquia da marca, não é necessário ter CNPJ e, em cerca de 30 dias, a loja virtual e todos os materiais complementares para começar o novo negócio estão prontos. O valor da franquia é de R$9 mil, tendo expectativa de retorno de 8 a 12 meses. O faturamento bruto estimado é de R$10 mil mensais já a partir do terceiro mês, sem precisar investir em estoque, ficando responsável apenas pela divulgação e angariação dos clientes. O franqueado recebe suporte contínuo e conta com materiais publicitários para divulgar o seu negócio. Quando a venda é concretizada, a Brasil Nutri Shop faz a entrega do produto diretamente para o cliente do franqueado. “Os franqueados têm uma oportunidade de retorno rápido, de oito a 12 meses, com a oportunidade de gerenciar seu próprio negócio, mesmo sem capital para estoque. O trabalho pode ser realizado de qualquer lugar e, se não vender, não existe prejuízos com estoque ou qualquer outro investimento”, afirma Nylmar.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS