Inaugurado em 1998, o Museu da Fotografia Cidade de Curitiba foi o primeiro do gênero no Brasil e na América Latina, na gestão da jornalista Margarita Sansone, então presidente da Fundação Cultural de Curitiba. Em seu acervo com mais de 1.400 fotografias, assinadas por grandes nomes da fotografia brasileira como Mario Cravo Neto, Claudia Andujar, João Urban, Luiz Braga, Bóris Kossoy, German Lorca, Vilma Slomp, Marcelo Buainain, Miguel Rio Branco, entre outros, formam uma das mais representativas coleções da fotografia brasileira contemporânea.

Idealizada pelo fotógrafo e um dos curadores desta exposição, Orlando Azevedo, as obras, em grande parte, foram adquiridas nas três edições das saudosas Bienais de Fotografia de Curitiba nos anos de 1996, 1998 e 2000. “Sonhava com a implantação do Museu de Fotografia a partir da constituição de um expressivo acervo. Um museu vivo que conspirasse com as aspirações da fotografia nacional. Um museu dos fotógrafos num constante diálogo com o outro”, comenta Orlando.

O acervo possui algumas das coleções mais complexas e completas como as de Haruo Ohara, uma descoberta enriquecedora para a história da fotografia brasileira revelado nas Bienais, Claudia Andujar, Claus Meyer, Marcelo Buainain, Manoel da Costa e Lalo de Almeida, sendo os três últimos vencedores do Prêmio Máximo da Bienal.

Rubens Fernandes Junior salienta: “É cada vez mais rara a oportunidade de estarmos diante de tantas imagens emblemáticas da história recente da fotografia brasileira. Isso é possível agora, graças à Coleção do Museu de Fotografia Cidade de Curitiba, o primeiro organizado no país nos últimos anos do século XX”.

A exposição "Fotografia em Transe | Coleção do Museu da Fotografia Cidade de Curitiba”, que é um recorte do acervo, está dividida em quatro núcleos para evidenciar o que foi o projeto original da coleção, separados em quatro salas:

Sala 1 – PRÊMIO MÁXIMO | Premiados das Bienais – Traz os fotógrafos cujos projetos foram premiados pela Bienal.

Sala 2 – OS MODERNISTAS – Apresenta a fotografia moderna brasileira, particularmente daqueles que são considerados os pioneiros na Escola Paulista de Fotografia.

Sala 3 – ENTRE O DOCUMENTO E ARTE – Consagra a fotografia direta, mais próxima do documento fotográfico, aparentemente inquestionável.

Sala 4 – EXPERIMENTAR E AMPLIAR AS FRONTEIRAS DA FOTOGRAFIA – Concretiza-se com a fotografia que se distancia do registro puramente documental e aproxima-se mais da fotografia experimental.

A exposição é uma contrapartida do projeto catálogo do Museu da Fotografia Cidade de Curitiba que será lançado em meados de setembro de 2018 durante a exposição.

Os fotógrafos: Americo Vermelho, Ana Claudia Leão, Ana Regina Nogueira, Antonio Augusto Fontes, Antônio Carlos D’Ávila, Antonio Gaudério, Araquém Alcantara, Beatriz Dantas, Bob Wolfenson, Boris Kossoy, Cássio Vasconcellos, Célia Mello, César Pinheiro Barreto, Claudia Andujar, Claus Meyer, Clóvis Dariano, Cristiano Mascaro, Cynthia Brito, Daniel Augusto Junior, Ed Viggiani, Eduardo Castanho, Elza Lima, Eustáquio Neves, Evandro Teixeira, Gal Oppido, Geraldo de Barros, German Lorca, Guy Veloso, Haruo Ohara, Iatã Cannabrava, Ivan Rodrigues, Izan Petterle, João Luiz Musa, João Ripper, João Urban, José Albano, Juan Esteves, Juca Martins, Kenji Ota, Klaus Mitteldorf, Lalo de Almeida, Leopoldo Plentz, Lilia Kawakami, Luiz Abreu, Luiz Braga, Manuel da Costa, Marcelo Buainain, Marcelo Lerner, Marcio Scavone, Mariano Klautau Filho, Mario Cravo Neto, Marlene Bergamo, Maureen Bisilliat, Miguel Chikaoka, Miguel Rio Branco, Milton Guran, Milton Montenegro, Nani Gois, Nego Miranda, Orlando Brito, Paula Sampaio, Paulo Amorim, Paulo Fridman, Paulo Leite, Pedro Martinelli, Pedro Vasquez, Penna Prearo, Ricardo Chaves, Roberto Cecato, Rochelle Costi, Rogério Reis, Rosa Gauditano, Sandra Bordin, Sebastião Salgado, Sérgio Vital Tafner Jorge, Thomaz Farkas, Tiago Santana, Vilma Slomp, Walter Carvalho e Zeka Araújo.

 

SERVIÇO: 

Exposição "Fotografia em Transe | Coleção do Museu da Fotografia Cidade de Curitiba”

Abertura: 17/07/2018 às 19h00

Período de permanência: 17/07 a 07/10/2018

Local: Museu da Fotografia Cidade de Curitiba
Solar do Barão - Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533 – Centro – Curitiba/PR

Horário: de terça a sexta-feira das 9h às 12h – 14h às 18h
Sábados e domingos das 12h às 18h
Informações: (41) 3321-3260

Entrada Franca

 

Incentivo:

Grupo Uninter

Pátio Batel

Fundação Cultural de Curitiba

Prefeitura Municipal de Curitiba

 

Apoio:

Molduras Festina

 

Realização: 

iD Editora Cultural

vanessamurio@gmail.com

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu