Chef curitibano André Rassi faz imersão em duas das mais badaladas cozinhas internacionais contemporâneas

O chef de cuisine curitibano André Rassi acaba de voltar ao Brasil, após uma temporada de imersão em dois importantes restaurantes internacionais. Durante o mês de julho, o brasileiro esteve em Tel Aviv, na cozinha do Blue Sky, do chef Meir Adoni, e em Londres, na cozinha do Ottolenghi, da famosa dupla Yotam Ottolenghi e Sami Tamimi.. André Rassi, que trabalha como chef on demand e prepara serviços dos mais variados em espaços particulares e em eventos, trouxe novidades fresquíssimas da culinária internacional contemporânea.

 Meir Adoni

 O Blue Sky é um restaurante fine dining da moderna cozinha israelense com influência mediterrânea, do Oriente Médio e asiática. Meir Adoni é  um dos maiores nome da culinária israelense. A seu lado Rassi pôde atuar em todas as estações de trabalho: pré-preparo, crus, peixes, vegetais e grelha. “Daí percebi o quanto me sinto à vontade com esta tendência da alta culinária contemporânea de respeito à essência dos alimentos”, conta.

Segundo ele, a variedade de legumes e alimentos crus da cozinha do Blue Sky é muito grande e a diversidade de sabores, a partir de temperos e grãos combinados a eles, também. Adoni ainda comanda outros restaurantes em Tel Aviv, Nova York e está inaugurando em Berlim, escreve livros, apresenta um programa de TV, cria aplicativos e coordena uma requisitada boutique de serviços de catering.

Ottolenghi

 Já em Londres, na Inglaterra, a estada de Rassi na cozinha do restaurante Ottolenghi Spitafields reforçou a tese de que na gastronomia, como em muitas outras áreas, “a união faz a força”. Resultado da parceria do israelense Yotam Ottolenghi e do palestino Sami Tamimi, o restaurante com profunda inspiração na gastronomia de Jerusalém, cidade onde ambos nasceram, é um case de sucesso. “Eles têm uma culinária   muito simples e uma proposta de trabalho muito séria: fazer as pessoas felizes por meio da comida”, explica Rassi. “E conseguem”, arremata.

A influência mediterrânea é bem clara, mas a cozinha do Ottolenghi é criativa e artística. Com matéria-prima de primeira linha e respeitando a sazonalidade dos produtos, a prioridade são os pequenos produtores, especialmente da Grã-Bretanha e da Europa. O cardápio pode ser descrito como “fresh and sunny” e livre de conservantes.

 André Rassi

A experiência recentemente vivenciada por Rassi ainda está sendo digerida. Mas, já começa a ser aplicada nos cardápios criados pelo chef brasileiro em seus serviços on demand, que podem ser executados ou finalizados na casa do cliente para grupos de 12 a 50 pessoas.

 

Time da cozinha Ottolenghi Spitalfields

Time da cozinha Blue Sky

Fotos: Divulgação

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Assine a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

spot_img