“Educação tem que dar um novo horizonte para futuras gerações”, diz prefeito

"Educação tem que dar um novo horizonte para futuras gerações", diz prefeito
Prefeito Rafael Greca participa do Prefeitura nos Bairros, na Rua da Cidadania do Boqueirão.Curitiba, 17/08/2018 – Foto: Cesar Brustolin/SMCS

“Nós temos que desenvolver nas crianças uma visão de futuro, com um olhar na tecnologia, mas sem desprezar uma formação humanista”. A avaliação foi feita pelo prefeito Rafael Greca, durante visita à Rua da Cidadania do Boqueirão, nesta sexta-feira (17/8), em mais uma edição do programa Prefeitura nos Bairros.

Neste programa, o prefeito visita as Administrações Regionais para avaliar o andamento das ações municipais e receber as demandas das regiões da cidade. Além do bairro Boqueirão, a regional abrange também os bairros Hauer, Xaxim e Alto Boqueirão e concentra uma população estimada de 210 mil habitantes.

O prefeito fez uma defesa apaixonada do modelo de educação considerado ideal para Curitiba. “Com a implantação destes Faróis do Saber Inovação, a ideia é que as crianças tenham um novo horizonte. Em 2030 nenhuma das nossas profissões estará na moda e nós temos que preparar as gerações futuras para isso”, disse o prefeito.

Cidade inteligente

Greca citou que por isso está sendo feito este esforço para tornar Curitiba uma cidade inteligente. “A cidade tem que ser inovadora, smart, inteligente e a gente tem que procurar se atualizar”, explicou, justificando a constituição do ecossistema de inovação, o Vale do Pinhão, que integra as empresas startups de Curitiba.

Para Greca, a educação tem muito a ver com isso. “As crianças mais pobres não terão outra escola. Então a nossa escola municipal tem que ser uma escola fabulosa, tem que ensinar para a vida”, cobrou o prefeito. Foi pensando nisso, que surgiu o projeto das Linhas do Conhecimento.

“As crianças têm que tomar a cidade como sua. Ter esta ideia de pertencer a Curitiba. O que pode salvar a cidade é fazer as pessoas gostarem dela. As professoras das Linhas do Conhecimento precisam ter isso em mente quando saem com seus alunos, mostrando o mundo e ensinando”, explicou o prefeito

Piscina

Durante a reunião, Ramiro Eugênio de Freitas, do núcleo da Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) informou ao prefeito que está programada para outubro a inauguração da piscina do Centro da Juventude Eucaliptos, no Alto Boqueirão.

Conselho Tutelar

O prefeito também determinou que o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) faça um estudo de ampliação das dependências da Rua da Cidadania do Boqueirão para abrigar o Conselho Tutelar.

Greca pediu para a conselheira-chefe, Liamara Agapito de Almeida, um relatório com as necessidades de salas para abrigar adequadamente o conselho, com a discrição adequada para o desenvolvimento do trabalho.

Balé e coro infantil

Durante o encontro, o prefeito também conheceu as meninas do balé, alunas da Rosa Maria Gomes, que estão se preparando para embarcar para a Argentina para fazer uma apresentação naquele país.

Graca também assistiu uma apresentação do coral infantil do Projeto MusicaR, coordenado pela professora Bruna Francisco Martins. Tanto o balé como o MusicaR fazem parte da programação do núcleo da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), na Regional Boqueirão.

A FCC oferta também curso básico de mangá, Projeto Nosso Canto, Teatro infantil, juvenil, teclado, violão e violino. Ao todo, as atividades mobilizam 325 alunos. Além disso, a Fundação mantém na regional o Circo Zé Preguiça, com 54 espetáculos.

Horta comunitária

O chefe do núcleo da Secretaria do Abastecimento, Daniel Bastos, confirmou para setembro a inauguração da horta comunitária da Vila Pantanal. O projeto começou há nove meses e tem 5,5 mil metros de extensão.

Fruto de uma parceria entre a Prefeitura, a empresa Rumo Logística, Rede Evangelizar e a comunidade da Vila Pantanal, a horta terá canteiros fitoterápicos, com o plantio de ervas medicinais para a Unidade de Saúde da Pantanal. Além disso, vai integrar o projeto de educação ambiental das crianças do CMEI Vila Pantanal e a produção fará parte da alimentação dos curitibinhas. A horta também vai abrigar colônias de abelhas sem ferrão.

Além do administrador da Regional Boqueirão, Ricardo Dias, e chefes de núcleo, participaram também do encontro, o diretor da Guarda Municipal, Odgar Nunes Cardoso, e o gerente-geral da Região Metropolitana de Curitiba e Litoral da Sanepar, Antonio Carlos Gerardi.

smcs

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Assine a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

spot_img