“Educação tem que dar um novo horizonte para futuras gerações”, diz prefeito

Prefeito Rafael Greca participa do Prefeitura nos Bairros, na Rua da Cidadania do Boqueirão.Curitiba, 17/08/2018 – Foto: Cesar Brustolin/SMCS

“Nós temos que desenvolver nas crianças uma visão de futuro, com um olhar na tecnologia, mas sem desprezar uma formação humanista”. A avaliação foi feita pelo prefeito Rafael Greca, durante visita à Rua da Cidadania do Boqueirão, nesta sexta-feira (17/8), em mais uma edição do programa Prefeitura nos Bairros.

Neste programa, o prefeito visita as Administrações Regionais para avaliar o andamento das ações municipais e receber as demandas das regiões da cidade. Além do bairro Boqueirão, a regional abrange também os bairros Hauer, Xaxim e Alto Boqueirão e concentra uma população estimada de 210 mil habitantes.

O prefeito fez uma defesa apaixonada do modelo de educação considerado ideal para Curitiba. “Com a implantação destes Faróis do Saber Inovação, a ideia é que as crianças tenham um novo horizonte. Em 2030 nenhuma das nossas profissões estará na moda e nós temos que preparar as gerações futuras para isso”, disse o prefeito.

Cidade inteligente

Greca citou que por isso está sendo feito este esforço para tornar Curitiba uma cidade inteligente. “A cidade tem que ser inovadora, smart, inteligente e a gente tem que procurar se atualizar”, explicou, justificando a constituição do ecossistema de inovação, o Vale do Pinhão, que integra as empresas startups de Curitiba.

Para Greca, a educação tem muito a ver com isso. “As crianças mais pobres não terão outra escola. Então a nossa escola municipal tem que ser uma escola fabulosa, tem que ensinar para a vida”, cobrou o prefeito. Foi pensando nisso, que surgiu o projeto das Linhas do Conhecimento.

“As crianças têm que tomar a cidade como sua. Ter esta ideia de pertencer a Curitiba. O que pode salvar a cidade é fazer as pessoas gostarem dela. As professoras das Linhas do Conhecimento precisam ter isso em mente quando saem com seus alunos, mostrando o mundo e ensinando”, explicou o prefeito

Piscina

Durante a reunião, Ramiro Eugênio de Freitas, do núcleo da Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) informou ao prefeito que está programada para outubro a inauguração da piscina do Centro da Juventude Eucaliptos, no Alto Boqueirão.

Conselho Tutelar

O prefeito também determinou que o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) faça um estudo de ampliação das dependências da Rua da Cidadania do Boqueirão para abrigar o Conselho Tutelar.

Greca pediu para a conselheira-chefe, Liamara Agapito de Almeida, um relatório com as necessidades de salas para abrigar adequadamente o conselho, com a discrição adequada para o desenvolvimento do trabalho.

Balé e coro infantil

Durante o encontro, o prefeito também conheceu as meninas do balé, alunas da Rosa Maria Gomes, que estão se preparando para embarcar para a Argentina para fazer uma apresentação naquele país.

Graca também assistiu uma apresentação do coral infantil do Projeto MusicaR, coordenado pela professora Bruna Francisco Martins. Tanto o balé como o MusicaR fazem parte da programação do núcleo da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), na Regional Boqueirão.

A FCC oferta também curso básico de mangá, Projeto Nosso Canto, Teatro infantil, juvenil, teclado, violão e violino. Ao todo, as atividades mobilizam 325 alunos. Além disso, a Fundação mantém na regional o Circo Zé Preguiça, com 54 espetáculos.

Horta comunitária

O chefe do núcleo da Secretaria do Abastecimento, Daniel Bastos, confirmou para setembro a inauguração da horta comunitária da Vila Pantanal. O projeto começou há nove meses e tem 5,5 mil metros de extensão.

Fruto de uma parceria entre a Prefeitura, a empresa Rumo Logística, Rede Evangelizar e a comunidade da Vila Pantanal, a horta terá canteiros fitoterápicos, com o plantio de ervas medicinais para a Unidade de Saúde da Pantanal. Além disso, vai integrar o projeto de educação ambiental das crianças do CMEI Vila Pantanal e a produção fará parte da alimentação dos curitibinhas. A horta também vai abrigar colônias de abelhas sem ferrão.

Além do administrador da Regional Boqueirão, Ricardo Dias, e chefes de núcleo, participaram também do encontro, o diretor da Guarda Municipal, Odgar Nunes Cardoso, e o gerente-geral da Região Metropolitana de Curitiba e Litoral da Sanepar, Antonio Carlos Gerardi.

smcs

Comments are closed.