Exposição retrata flores e naturezas mortas no Solar do Rosário

Neste domingo (23), dia que marca o início da primavera, a galeria do Solar do Rosário promove a abertura da exposição "Efêmero - Nem tudo é eterno", com obras da artista plástica Susana Goienetxe, a partir das 11h. A mostra parte de um tema clássico da arte, flores e naturezas mortas, para expressar o lado efêmero da vida. Fica em cartaz até 16 de outubro, com entrada franca.

Nascida na Argentina e radicada no Brasil desde 2000, Susana conta com um trabalho que se divide em séries temáticas, que não costumam ser parecidas entre si. Nesta nova empreitada, explora a transitoriedade e o tempo presente. "Utilizo nesta mostra da pintura floral e da natureza morta para simbolizar o efêmero", explica a artista. "A pintura acompanha o conceito, com manchas sobrepostas que formam as composições como que por acaso, trabalhando a ideia da efemeridade". No total, são 20 quadros pintados em acrílico sobre tela, que trafegam entre o figurativo e a abstração.

Formada em Desenho e Pintura na Escola de Belas Artes de Tandil, em Buenos Aires, parou de pintar enquanto cursou Arquitetura, chegando a finalizar a pós-graduação em Planificação Urbana na Universidade de Buenos Aires. Foi ao vir para o Brasil que retomou sua veia artística, participando de cursos de arte. Trabalha com aquarela e tinta acrílica sobre tela ou papel, e já teve exposições solo ou coletivas pelo Paraná e Santa Catarina, além de ter participado da Casa Cor deste ano. Tem telas reproduzidas em livros como "Pinheiros" e "O Solar do Rosário, uma casa de cultura e arte", ambos editados pelo Solar do Rosário.

"Efêmero - Nem tudo é eterno" no Solar do Rosário

Data: de 23 de setembro a 16 de outubro
Visitação: de segunda a sexta-feira das 10h às 18h30, sábado das 10h às 13h e domingo das 10h30 às 14h
Endereço: Rua Duque de Caxias, 4 - Centro Histórico, Curitiba - PR
Informações: (41) 3225-6232 | www.solardorosario.com.br

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu