Mercado de moda deve seguir estável em setembro, segundo IBEVAR

Perda de poder de compra do consumidor tem grande impacto no setor e pode frear crescimento

Um dos segmentos mais resistentes à crise, o setor de moda, deve se manter estável em setembro, segundo o Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (IBEVAR). Por ser um mercado dinâmico, em constante mudança e que apresenta diferentes tendências e novidades, desperta o interesse do público respectivo.

Com a chegada da primavera, as lojas trocam as coleções e muitos produtos entram em promoção. De acordo com o IBEVAR, essa movimentação pode provocar pouca melhora do setor em relação a agosto, mas não deve apresentar aumento real em relação a setembro de 2017. “A recuperação está acontecendo, mas em ritmo menor ao que se esperava antes da greve dos caminhoneiros”, conta o Diretor Vogal do IBEVAR, Profº Nuno Fouto.

Segundo Nuno, o maior impacto no setor é reflexo da perda de poder de compra do consumidor. “Essa perda de poder é provocada pela inflação decorrente dos preços atrelados ao dólar e do aumento de derivados de petróleo. No caso do período eleitoral, o efeito tende a ser positivo, com um pouco mais de renda entrando na economia por conta dos gastos de campanha, que são relevantes”, explica.


Sobre o IBEVAR
O IBEVAR – Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo – é uma instituição sem fins lucrativos, que se propõe a produzir conteúdo no setor de Varejo & Consumo, promover networking entre executivos que atuam nessa área e gerar negócios entre os participantes. O IBEVAR conta com o apoio de conteúdo do PROVAR/FIA, que auxiliam na construção de conhecimento dos associados. www.ibevar.org.br

Comments are closed.