Sinais de diabetes tipo 2 podem ser detectados até 20 anos antes do diagnóstico

Pesquisa apresentada no Encontro Anual da Associação Europeia para o Estudo do Diabetes (EASD 2018) revela que os primeiros sinais de diabetes tipo 2 podem surgir 20 anos antes do diagnóstico da doença. De acordo com os responsáveis pelo estudo, os marcadores metabólicos elevados, como aumento da glicose em jejum, maior índice de massa corporal e sensibilidade à insulina, são detectáveis até mesmo antes do estágio de pré-diabetes.

O artigo é de autoria japonesa e acompanhou mais de 27 mil adultos com idade média de 49 anos e não diabéticos. Entre 2005 e 2016, 1.067 casos de diabetes foram diagnosticados e evidenciou-se que a exposição a fatores de risco foi mais comum entre aqueles que desenvolveram a doença.

A Sociedade Brasileira de Diabetes pauta sua atuação na difusão de informação a respeito da prevenção e manejo do diabetes, contando inclusive com representantes que acompanharam o EASD 2018. Os especialistas estão à disposição para comentar o assunto.

Sobre a SBD
Filiada à International Diabetes Federation (IDF), a Sociedade Brasileira de Diabetes é uma associação civil sem fins lucrativos, fundada em dezembro de 1970, que trabalha para disseminar conhecimento técnico-científico sobre prevenção e tratamento adequado do diabetes, conscientizando a população a respeito da doença e melhorando a qualidade de vida dos pacientes. Também colabora com o Estado na formulação e execução de políticas públicas voltadas à atenção correta dos pacientes, visando a redução significativa da doença no Brasil.

Conheça nosso trabalho: www.diabetes.org.br

karinamorais@rspress.com.br

Talvez você se interesse por estes artigos

Que atire a primeira pedra o homem que nunca se preocupou em brochar ou ao menos teve medo diante desta possibilidade. A falta de ereção...
Fechar Menu