CAA/PR incentiva prevenção do câncer de próstata no Novembro Azul

Campanha da Caixa de Assistência dos Advogados do Paraná oferece consulta e exame a baixo custo para incentivar os profissionais da classe a se prevenirem contra a doença

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens. De acordo com estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA), serão registrados 68 mil novos casos da doença no Brasil em 2018, com aproximadamente 14 mil mortes. Para alertar o público masculino sobre a importância do autocuidado, novembro foi escolhido como o mês da conscientização sobre a neoplasia. Simbolizado pela cor azul, o movimento é mundial e prioriza ações visando à realização de exames para diagnóstico precoce e redução da mortalidade.

A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda o rastreamento do câncer de próstata (PSA e toque retal), anualmente, para todos os homens dos 50 aos 75 anos. A instituição também informa que negros ou com histórico na família, pai ou irmão com câncer de próstata, apresentam maior risco de desenvolver a doença, e devem iniciar o rastreamento a partir dos 45 anos. Alguns desses tumores podem se desenvolver de forma rápida, espalhando-se para outros órgãos e podendo levar à morte.

Engajada na campanha de combate ao câncer de próstata, a Caixa de Assistência dos Advogados do Paraná está incentivando advogados a realizarem exames de prevenção contra a doença, oferecendo consulta médica e exame a baixo custo para os profissionais regularmente inscritos na OAB Paraná. Os valores são de apenas R$ 30,00 para consulta e R$ 20,00 para o exame de PSA.

O benefício é válido até o dia 30 de novembro e os interessados devem solicitar autorização prévia pelo telefone 0800-645-2005. A consulta deve ser feita com os urologistas conveniados. A relação está disponível no site da entidade (www.caapr.org.br/convenios-subsidiados/). Já o exame de PSA será realizado no Laboratório Bom Jesus. A relação das unidades e suas localizações podem ser consultadas pelo site www.laboratoriobomjesus.com.br.

Interessados devem solicitar autorização prévia pelo telefone 0800-645-2005 - Foto: Divulgação

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu