Lideranças de Chopinzinho replicam, localmente, programa de desenvolvimento territorial do Sebrae/PR

O incentivo às micro e pequenas empresas faz parte das linhas estratégicas do Sebrae/PR. Entre as ações, está o Projeto de Desenvolvimento do Território Sudoeste, realizado em parceria com o Comitê de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas do Território do Sudoeste (Comitê MPE Sudoeste). Com integrantes de toda a região, o comitê trabalha para a melhoria do ambiente para os pequenos negócios. E a experiência bem sucedida começa a ser replicada no município de Chopinzinho, no sudoeste do Paraná.

Algumas lideranças chopinzinhenses que fazem parte do Comitê MPE Sudoeste decidiram aplicar os conceitos do projeto localmente. A iniciativa ganhou parceiros de peso, como o próprio Sebrae/PR, a Prefeitura Municipal, a Associação Comercial e Empresarial de Chopinzinho (Acec) e a UTFPR – Câmpus Pato Branco.

Álvaro Dênis Scolaro, prefeito de Chopinzinho, salienta que o pensamento é para longo prazo, com envolvimento da comunidade nas definições dos investimentos dos setores público e privado para as próximas décadas.

“Para que seja um projeto de cidade e transcenda a um mandato de prefeito. É um plano em que a sociedade estabelece para 20, 30 anos, quais os direcionamentos que serão dados, qual é a cidade que queremos no futuro”.

O prefeito ressalta que o modelo em execução dá resultados no setor privado e agora também está sendo aplicado no Poder Público.

“Acreditamos que é uma inovação que estamos desenvolvendo e que o projeto trará grandes resultados. Esperamos que as pessoas percebam a importância de participar, de planejar, de pensar no futuro e começar a agir para obtermos os resultados que queremos”, reflete Scolaro.

Felipe Pivatto Los, que já foi presidente da Acec, é um dos integrantes da iniciativa privada e relata que o Plano de Desenvolvimento Local (PDL) foi apresentado à comunidade no dia 17 de outubro,

“O PDL visa a formação de lideranças em primeiro momento, para que essas pessoas trabalhem no planejamento estratégico para 2030, 2035, quem sabe até 2040”, vislumbra.

Los adianta que o treinamento está sendo conduzido por consultor do Sebrae/PR junto a 30 pessoas provenientes de entidades, empresariado e do Poder Público.

“É um grupo bastante heterogêneo, para termos os mais variados pontos de vista. A partir de 2019, iniciaremos nova etapa, com a realização dos diagnósticos dos cenários possíveis, verificação dos eixos prioritários e planejamento estratégico. Estamos acendendo uma fagulha para que o município tenha perspectiva de desenvolvimento novamente. Todos os setores receberam de braços abertos o projeto”, relata.

Essa outra fase mencionada por Los deverá ser realizada pela UTFPR – Câmpus PB, em convênio que ainda está sendo discutido entre a universidade e a Prefeitura de Chopinzinho.

Diogo Kalinke, consultor do Sebrae/PR, acredita que o grupo deverá se tornar o Comitê Gestor da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas no município e que a expectativa é de que sejam criados projetos estruturantes voltados para as MPEs como um dos eixos de desenvolvimento local.

“As lideranças de Chopinzinho estão enxergando as micro e pequenas empresas como ferramentas do desenvolvimento local, como um meio de ajudar o município a crescer, gerar emprego e renda. A mesma visão que o Sebrae/PR tem e trabalha para melhorar o ambiente dos pequenos negócios”, atesta o consultor.

O presidente da Acec, Mateus Augusto Comelli, revela a motivação da entidade de ser um agente modificador da sociedade.

“Como entidade, estamos propostos a fazer políticas sólidas de curto, médio e longo prazo. A Acec busca desenvolvimento econômico e, consequentemente, melhoria social. Vamos planejar pensando em todas as áreas do município, como educação, turismo, cultura, negócios”, aponta Comelli, acrescentando que o PDL construirá “uma espinha dorsal, independente de mudanças de gestão, e seguindo os eixos já planejados, com as devidas adaptações”.

Parceria com a universidade
Neimar Follmann, diretor de Relações Empresariais e Comunitárias (Direc) da UTFPR - Câmpus PB, antecipa que a proposta em andamento está relacionada ao Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (PPGDR) e envolve professores de vários cursos da instituição.

“Projetamos 156 horas de trabalho, com a análise dos cenários externos e o posterior planejamento estratégico, levando em conta as competências do município e também as possibilidades que o mercado oferece”, observa Follmann.

“Para nós da UTFPR, [a possibilidade de participar do PDL] é uma oportunidade de levar o conhecimento que nossos professores têm para a comunidade, gerar desenvolvimento e contribuir efetivamente com o desenvolvimento econômico e social. Conectar as pessoas é o objetivo”, analisa.

Informações para a imprensa:
Savannah Comunicação Corporativa - empresa licitada do Sebrae/PR
Assessoria de Imprensa Regional Sul: Antônio Menegatti - (46) 99912-9002
Adriano Oltramari – Jornalista do Sebrae/PR - (41) 3330-5895 - www.pr.agenciasebrae.com.br

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu