Sinusite também pode afetar as crianças; saiba como evitar

Muita gente acha que a sinusite é um problema que afeta apenas os adultos, mas as crianças também podem sofrer com essa inflamação. Ela geralmente pega carona com resfriados, gripes, alergias, refluxo, mudanças bruscas de temperatura e locais com muita poeira, por isso, todo o cuidado é pouco para evitar essa complicação nos pequenos.

Segundo o otorrinolaringologista do Hospital Otorrinos Curitiba Diego Malucelli, apesar de os seios paranasais ainda não estarem completamente formados nas crianças, os casos de sinusites nos pequenos são muito comuns em se tratando de vias aéreas superiores.

“Em bebês ou crianças pequenas os pais devem estar atentos à presença de secreções nasais acompanhadas de sinais como febre, sonolência, irritabilidade, nariz entupido, tosse e dificuldade para amamentar e comer”, lembrou o especialista.

O que é sinusite?
A sinusite é uma inflamação dos seios da face, que pode ser causada por um agente etiológico, por exemplo, uma bactéria ou fungo, ou por alguma obstrução desses seios, como um pólipo.

Alívio dos sintomas
De acordo com o otorrino, o uso de analgésicos, descongestionantes nasais e antialérgicos promove certo alívio dos sintomas, mas não a cura, pois algumas vezes devem ser administrados agentes antimicrobianos. Se a sinusite for bacteriana, o uso de antibióticos será necessário.

“Quando os pais perceberem alguns dos sintomas, é importante consultar um otorrinolaringologista, que poderá orientá-lo corretamente no tratamento”, ressaltou.

De olho na alimentação
Os pais devem estimular as crianças com uma alimentação saudável desde os primeiros anos de vida, e certos alimentos podem ajudar a prevenir a sinusite.

”Aumentar a ingesta de alimentos que não interferem na produção de muco, tais como frutas frescas, hortaliças, cereais integrais, entre outros, ajudam a prevenir a sinusite. Além disso, alimentos ricos em vitamina C, como laranja, mamão, pimentão, manga, brócolis, morango, auxiliam a fortalecer o sistema imunológico”, completou Diego.

Cuidados diários
No dia a dia, é possível ter alguns cuidados para que a sinusite passe longe das crianças. Confira algumas dicas:

– beber bastante água;

– fazer inalação ou lavagem nasal com soro fisiológico;

– evitar contato com pessoas que fumam;

– manter o ambiente sempre limpo e higienizado;

– evitar locais com ar condicionado (casa, lojas, carros, etc.);

– proteger-se do frio, principalmente nos meses de outono e inverno;

– evitar locais com muita aglomeração de pessoas e pouco ventilados.

 

Diretor Técnico: Dr. Ian Selonke CRM-PR 19141 | Otorrinolaringologia

Comments are closed.